Há 14 anos Wanderlei Silva realizava um dos nocautes mais devastadores já visto

Há 14 anos Wanderlei Silva realizava um dos nocautes mais devastadores já visto

Há 14 anos, a lenda do MMA Wanderlei Silva estava no topo do Pride e realizava uma dos nocautes mais brutais já vistos em um ringue.

Como está longe os tempos de Pride! Os mais jovens fãs do MMA provavelmente não conhecem essa época abençoada em que a loucura japonesa tinha sua diversão favorita: as artes marciais mistas. Verdadeiros gladiadores modernos, os lutadores que participavam dos diferentes torneios organizados por Nobuyuki Sakakibara, atual presidente do Rizin, eram todos guerreiros.

Wanderlei Silva antes de sua decadência

E uma das maiores figuras do Pride é, sem dúvidas, Wanderlei Silva. O brasileiro por muito tempo reinou na categoria dos pesos médios, ganhando o Grand Prix em 2003 com vitórias marcantes: Sakuraba, o campeão olímpico de judô Yoshida no final de uma luta épica, e seu grande rival Rampage Jackson na final com um nocaute monstruoso.

Leia também
Esse jovem bodybuilder russo, é um clone do Arnold Schwarzenegger

Para provar a que ponto o reino do "The Axe Murderer" era dominante, basta dar uma olhada em sua trajetória no Japão: 28 lutas, 24 vitórias, 16 por nocaute. Silva até mesmo aceitou superfights em catchweight contra lutadores bem maiores que ele como Mirko Cro Cop e Mark Hunt.

Chutes como especialidade

Se o Pride tem a reputação de ser a organização de MMA mais violenta que já existiu, é principalmente por suas regras muito permissivas... Basta ver esse nocaute do Wanderlei Silva contra Yuki Kondo: depois de um soco de esquerda, o brasileiro perseguiu o japonês antes de finalizá-lo graças a seus "stomps" (traduzidos como "um pisoteio"). A organização japonesa autorizava os chutes no chão. Lutadores como Mauricio Shogun Rua e Wanderlei Silva fizeram dos chutes suas especialidades. Uma outra época.

• Pedro Souza
Leia mais