A vitamina D: efeitos, fontes, carências, o que é?

A vitamina D: efeitos, fontes, carências, o que é?

Lipossolúvel, a vitamina D é principalmente secretada pelo organismo sob o efeito dos raios do sol. O resto das necessidades devem ser cobertas pela alimentação a fim de permitir que esta vitamina cumpra eficazmente suas diferentes missões.

O que é a vitamina D?

Contrariamente ao que pensa a maioria das pessoas, não existe apenas um, mas sim cinco tipos de vitamina D: D1, D2, D3, D4 e D5. São as vitaminas D2 e D3 as mais utilizadas. Em todos os casos, a vitamina D está muito envolvida no mecanismo de ossificação já que favorece a absorção e a fixação fosfocálcica (cálcio + fósforo) e participa na consolidação do esqueleto. 

Por um lado, a vitamina D estimula a agregação plaquetária. Ela é uma engrenagem essencial da hemostasia. Por outro, ela regula a atividade cardíaca, apoia o sistema imunológico e mantém a hidratação da pele.  

 

Quais são as doses diárias recomendadas?  

São vários os parâmetros que podem fazer variar (flutuar) as necessidades diárias de vitamina D: a idade, a duração dos banhos de sol e a pigmentação da pele. Em média, a dose diária recomendada é de 10 microgramas por dia num adulto. Mas a necessidade aumenta nas pessoas que têm a pele escura, por elas serem menos sensíveis aos raios ultravioleta, indispensáveis para a síntese da vitamina D. As mulheres grávidas ou lactantes (15 a 20 microgramas) assim como as crianças em pleno crescimento (10 a 15 microgramas) precisam de doses superiores. 

 

Quais são os riscos da deficiência de Vitamina D?

As deficiências de vitamina D são principalmente induzidas por uma exposição solar insuficiente, embora também possam ser causadas por uma má absorção intestinal ou por outra patologia. Qualquer que seja a sua origem, a deficiência de vitamina D pode ter um forte impacto na saúde, já que leva à uma má fixação do cálcio ósseo. Se a insuficiência não for tratada, podem ocorrer problemas graves de ossificação.  

Leia também
Descubra o efeito surpreendente do leite com Coca-Cola

 

Quais alimentos contêm a vitamina D?Cerca de 20% da vitamina D provém da alimentação.

É preciso saber que as fontes alimentares não são muitas. Sem embargo podemos encontrar vitamina D nos seguintes alimentos de origem vegetal: leveduras, cogumelos, cereais, óleos vegetais e vegetais verdes (crus). Os óleos de fígado de peixe representam a maior fonte alimentar de origem animal, seguidos pelos peixes oleosos, miúdos, gema de ovo e manteiga.  

Quais são as doenças relacionadas com a vitamina D?O raquitismo

é uma das principais doenças relacionadas à deficiência de vitamina D. Esta patologia grave afeta as crianças menores de 18 meses como resultado de uma calcificação óssea anormal.  Em adultos que apresentam um déficit profundo, se observam casos de osteomalacia. Se trata de uma desmineralização generalizada do esqueleto provocada por uma má fixação fosfocálcica.  

Raposo Gabriela
Sem Internet
Verifique suas configurações