"Homem é lixo": influenciadora gamer perde contrato com patrocinador após polêmica na internet

"Homem é lixo": influenciadora gamer perde contrato com patrocinador após polêmica na internet

Gabi Cattuzo reagiu após comentário feito por internauta em seu twitter e a repercussão negativa do caso trouxe duras consequências para a influenciadora

Gabi Gattuzo é uma influenciadora digital conhecida principalmente no universo dos gamers por fazer transmissões de partidas online em suas redes sociais, fazer comentários sobre jogos e, claro, por jogar videogames.

Na última semana, a jovem se envolveu em uma polêmica quando publicou uma foto em seu twitter em cima de um touro mecânico, com a legenda: “Eu tô montada no chat”. Ao receber um comentário considerado como uma ofensa sexual disfarçada, Gabi respondeu estar cansada de mensagens deste tipo, de homens sexualizando mulheres e concluiu: “É por isso que homem é lixo”.

A postagem viralizou, com outros homens incomodados com a generalização, e o grande alcance do debate acabou chegando a Razer, empresa fabricante de periféricos e acessórios de jogos eletrônicos que tem Gabi Gattuzo como divulgadora dos produtos da marca.

Leia também
Com 1,80 metros de quadril, essa garota tem um dos maiores bumbuns do mundo

Com a repercussão negativa, a Razer soltou uma nota afirmando que a influenciadora não era porta-voz da empresa, que eles lutam contra todo tipo de preconceito e estereótipo, e o contrato com ela não seria renovado.

Gabi Gattuzo afirmou que sairia das redes sociais por um tempo, pois tanto ela quanto sua família estavam sendo ameaçadas devido ao caso. Outras mulheres gamers se pronunciaram defendendo a influenciadora e condenando a atitude da Razer, mas a posição da empresa não deve mudar.

Imagem: Instagram 

Flávio Soares
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações