Rapaz fica à beira da morte depois de sofrer violência doméstica da namorada

Rapaz fica à beira da morte depois de sofrer violência doméstica da namorada

Ele era regularmente agredido com facas, martelos, chaves de fenda e chegou a perder um dente.

Este é o momento dramático em que a polícia chegou para resgatar um jovem de 21 anos que estava "à beira da morte" após meses de ataques violentos de sua namorada. Oficiais da polícia de Bedfordshire encontraram Alex Skeel, até então com 21 anos, encolhido nas escadas depois de receber uma ligação de vizinhos preocupados que o ouviram gritando, após o último ataque nas mãos de Jordan Worth, em junho de 2017.

As agressões

Worth regularmente o atacava com "armas", incluindo um martelo, uma chave de fenda, facas de pão e uma escova de cabelo quebrada. A violência durou nove meses e o deixou, literalmente, à beira da morte. Agora com 22 anos, Alex revelou pela primeira vez em um documentário da BBC  seus ferimentos e como ele foi violentamente agredido, esfaqueado e queimado pela mãe de seus dois filhos, que foi presa em abril de 2018.

Imagens chocantes vistas pela primeira vez na BBC Three's Abused por My Girlfriend mostram as pernas machucadas e ensanguentadas de Alex, pulsos com cicatrizes e pele pendurada no braço, depois de ser queimado com água fervente. Depois de 5 anos juntos, Jordan ficou tão controladora que chegou a pegar a carteira de Alex, obrigando-o a deixar o emprego que amava para que ele pudesse acompanhá-la às aulas na Universidade de Hertfordshire, onde ela podia ficar de olho nele.

Leia também
Um rapaz e uma garota passam por situações constrangedoras durante todo o verão

Alex alega que as coisas pioraram a ponto de sua namorada atacá-lo ou agredi-lo "todos os dias", e teve até um vez que ela o fez engolir uma caixa inteira de pílulas para dormir. Durante um ataque, Jordan cortou os tendões de sua mão direita com uma faca de pão, em outra ocasião ela o atacou com uma escova quebrada, quebrando o dente no processo.

"Eu não tinha dinheiro, não dirigia, então no final acabei arrancando o dente sozinho", diz Alex.

Em abril de 2018, Jordan Worth tornou-se a primeira mulher no Reino Unido a ser condenada por comportamento coercitivo e ficará presa por mais de sete anos, e Alex agora espera encorajar os homens a falar sobre violência doméstica.

 

Fonte/Imagem: BBC

 

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações