Por que é necessário arejar o vinho?

Por que é necessário arejar o vinho?

Sobram expressões no jargão enólogo para dizer que é preciso deixar o vinho respirar antes de beber. Vamos falar um pouco sobre essa etapa ainda muito pouco observada por muitos amadores.

O vinho na garrafa ainda é uma bela imagem para muitos de nós, pois nós raramente prestamos atenção e gastamos tempo de observá-lo na taça antes de degustá-lo. No entanto, essa é uma etapa necessária da degustação, veja o porquê.

Diz-se que um vinho pode ser fechado, o que quer dizer que ele não movimenta os aromas que ele deve ter. É preciso então, resolver isso abrindo o vinho. Abrir o vinho, colocá-lo no difusor ou deixá-lo na garrafa, todas as expressões dizem que é preciso deixar o vinho entrar em contato com o ar, oxigênio, para que seus aromas se expressem.

Leia também
Como abrir facilmente uma garrafa de vinho sem um saca-rolhas?

O vinho não fica fechado sistematicamente, mas esse fenômeno se produz geralmente semanas depois do engarrafamento. E isso diz respeito a todos os vinhos, mas ainda mais os vinhos de tanino e concentrados.

Para arejar o vinho, há várias soluções:

-Tirar a rolha da garrafa algumas horas antes

-Colocá-lo em um difusor

-Fazê-lo rodar em sua taça

-utilizar uma rolha de arejar vinho

-E como há geralmente exceções à regra, aqui vai uma: essa regra de arejar não se aplica aos vinhos muito antigos, considerados frágeis. O contato com o ar pode rapidamente ter um efeito inverso e alterá-los.

Agora você já sabe tudo!

• Bruna Moura
Leia mais