VGM: definição, função, como analisar os resultados?
VGM: definição, função, como analisar os resultados?
VGM: definição, função, como analisar os resultados?
Leia mais

VGM: definição, função, como analisar os resultados?

O Volume Globular Médio (VGM) é a medida do tamanho dos glóbulos vermelhos que circulam na corrente sanguínea. É usado principalmente para detectar anemia, alcoolismo crônico ou doença hepática.

O que é o VGM?

O Volume Globular Médio (VGM) é geralmente avaliado, entre muitos outros elementos, por ocasião da Contagem de Sangue, também chamado de hemograma. Expressa em fentolitro (fL), essa medida resulta da divisão do volume de glóbulos vermelhos em relação ao volume total de sangue (hematócrito) pelo número de glóbulos vermelhos por milímetro cúbico de sangue.

A dosagem de VGMA avaliação do VGM é obtida pela análise de uma amostra de sangue. Geralmente realizada em laboratório de análise biológica, a punção venosa é realizada na dobra do cotovelo na maioria dos indivíduos.

O VGM não é um dos exames que exigem jejum. No entanto, é melhor ficar um período prévio sem comer para não distorcer os resultados. Da mesma forma, é importante informar o enfermeiro sobre o uso de qualquer medicamento.

Os resultados são entregues ao paciente dentro de 24 a 48 horas. O VGM é considerado normal quando seu valor está entre 82 e 98 fl (74 e 91 fl em crianças).

Taxa muito baixa: o que isso significa?

Quando a dosagem VGM é inferior a 80 mL, é chamado de microcitose. Isso significa que o volume de glóbulos vermelhos é menor que a média. Esse tipo de fenômeno é observado, principalmente, no quadro de anemia chamada "ferropriva", isso é, anemia induzida por deficiência de ferro. Esses podem resultar da ingestão nutricional insuficiente, sangramento digestivo ou uterino ou mesmo má absorção de ferro.

Por outro lado, pode acontecer que a taxa de VGM é anormalmente baixa, mas a dosagem de ferro, ela, é normal. Nesse caso, o médico avançará para o diagnóstico de talassemia, uma forma de anemia hereditária que resulta na produção deficiente de hemoglobina.

Taxa muito alta: o que isso significa?

Considera-se que o paciente está sofrendo de macrocitose quando seu VGM é maior que 100 fL. Seus glóbulos vermelhos, portanto, exibem um tamanho anormalmente grande. Essa elevação da taxa pode ser observada em caso de deficiência de vitamina B12 ou B9. De fato, esses dois elementos estão envolvidos no processo de produção de glóbulos vermelhos na medula óssea (anemia megaloblástica).

Esse exame biológico também é usado pelo médico para detectar o consumo crônico de álcool, hipotireoidismo, mielodisplasia ou doença hepática. O VGM também pode sofrer alteração com o uso de certos medicamentos (imunossupressores) ou pelo acompanhamento de uma quimioterapia.

Escrito por De Freitas Agostinho

Sem Internet
Verifique suas configurações