É isso que acontece quando cruzamos o túnel mais perigoso do mundo

É isso que acontece quando cruzamos o túnel mais perigoso do mundo

Anzob, também conhecido como o túnel da morte, está localizado no Tajiquistão. Foi construído com o objetivo de facilitar a comunicação entre duas grandes cidades do país, no entanto, anos após a sua construção, ele continua a ser o túnel mais perigoso do mundo.

O túnel Anzob, localizado no Tajiquistão, foi construído em 2006, mas foi fechado até março de 2015, quando foi inaugurado. No entanto, fecharam novamente e, finalmente, em setembro de 2015, abriram definitivamente.

No entanto, desde então, foi apelidado de "túnel da morte", e com razão, porque é uma das construções mais perigosas do mundo. Esta construção encomendada pelo Irã mede 5 km de extensão e visa tornar a vida mais fácil para os tadjiques, conectando as principais cidades do país para evitar que eles viajem em estradas com riscos de avalanche.

Leia também
A piscina da morte: o lugar mais perigoso do mundo para um mergulho

Um túnel escuro e perigoso

Este cruzamento assusta a maioria dos habitantes do país, já que o consideram escuro e perigoso. Não possui nenhum tipo de ventilação, o que levou à produção de grandes concentrações de monóxido de carbono durante os engarrafamentos, causando a morte de numerosos condutores. E isso não é tudo: a qualquer momento ele pode romper e esmagar os carros. Todos aqueles que circulam por este túnel dizem: "É uma verdadeira pista de obstáculos".

Andressa Zabeu
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações