Em Taiwan, pescadores capturam cinco espécies assustadores de tubarões das profundezas

Em Taiwan, pescadores capturam cinco espécies assustadores de tubarões das profundezas

Cinco tubarões raros de aspecto extraterrestre foram recentemente pescados em Taiwan. A captura foi feita por um instituto de pesquisa taiwanês sobre a pesca enquanto a equipe mantinha as espécies com vida perto de Taitung.

Os pescadores realizaram uma captura inabitual ao longo da costa de Taiwan: em um barco, eles trouxeram à superfície cinco criaturas sombrias de corpo longo, dotados de uma mandíbula com dentes afiados. As circunstâncias exatas da captura ainda não estão claras, mas os peixes teriam sido trazidos ao longo da costa da comunidade de Donghe, e estavam, em sua maioria, quase todos, mortos quando foram encontrados.

Se os seus aspectos podem impressionar, trata-se, no entanto, de uma espécie bem conhecida. Trigonognathus kabeyai, ou "viper dogfish" ("raposa víper" em português) é um pequeno tubarão de corpo longo e negro com dentes finos e afiados. Debaixo de seus longos olhos está sua mandíbula que ele pode projetar para frente, igual ao tubarão-duende, para capturar suas presas. Os peixes "engolem" suas presas mais ou menos igual às baleias (em inglês, diz-se "linge feeders): eles nadam com a mandíbula aberta.

Dada a sua raridade, os cientistas não têm tantas oportunidades de observá-los, em especial vivos: a primeira identificação da espécie foi em 1986, logo depois da captura de um espécie a 330 metros de profundidade. Um estudo publicado na revista Ichtyological Research em 2003 teve a oportunidade de analisar 39 espécimes para repertoriar com mais detalhes suas características físicas.

Esses peixes vivem em águas profundas e parecem ter uma população e distribuição relativamente restritas. Seus abdomes são recobertos de feixes luminosos, cuja utilidade ainda está em debate: isca, sedução, ou até camuflagem imitando as ondulações de luz da Lua sobre a água para confundir os predadores que nadam abaixo.

Seja o que for, esse certamente não é o tipo de criatura que a gente gostaria de encontrar em frente!

• De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações