Atleta "atropela" tubarão durante kitesurfing e cai violentamente na água

Atleta "atropela" tubarão durante kitesurfing e cai violentamente na água

Um kitesurfista estava muito rápido e quando viu o animal já era tarde demais.

Acidente que arrepiou o mundo

O atleta Alex Soto planejava treinar tranquilamente seu esporte para concorrer às competições de kitesurfing, porém ele nunca imaginava o que estava por vir. A bordo de sua pequena prancha e a uma velocidade altíssima, ele avistou alguma coisa em seu caminho. O rapaz tentou desviar, mas devido à alta velocidade não conseguiu, e acabou esbarrando no estranho corpo marítimo, fazendo com que ele caísse violentamente na água.

Após se recompor e ao verificar a gravação feita pelos colegas, Alex se deu conta que o que ele havia acabado de atropelar era nada menos do que um tubarão. É isso mesmo: o jovem atropelou um tubarão em pleno treino e caiu de forma brusca na água, sem nem ao menos ele saber do que se tratava. O atleta comentou que avistou o tubarão segundos antes da colisão e tentou desviar, mas como estava indo rápido demais não teve tempo de evitar o acidente. O vídeo do momento do acidente foi postado nas redes sociais e logo se tornou viral, com milhares de visualizações em poucas horas.

Os tubarões têm marcado presença nas redes nos últimos dias, recentemente um deles arrancou a máscara de um mergulhador ao vivo e vídeo também viralizou. 

O kitesurfing

Alex é um atleta que pratica o esporte chamado kitesurfing. "Kite" em inglês significa "pipa", logo, o esporte é praticado com uma espécie de pipa ou para-quedas e uma prancha de surf própria para a prática. Com a pipa amarrada à cintura, o atleta coloca a prancha sobre a água, que é impulsionada apenas pelo poder do vento.

Leia também
Ela foi atacada por um tubarão durante uma sessão de fotos em pleno mar

Existem várias teorias acerca da origem do esporte. Se voltarmos no tempo, no ano de 1903, por exemplo, um rapaz chamado Samuel Cody construiu uma pipa gigante que arrastaria um ser humano, e ele conectou o dispositivo em uma canoa bem leve; com a engenhoca, ele conseguiu atravessar o Canal da Mancha equipado apenas por uma pipa, uma canoa e a força dos ventos. Porém, foi apenas vários anos depois que o esporte foi oficialmente patenteado, e tomou a forma como conhecemos hoje. Em 1977, um holadês chamado Gijsbertus Adrianus Panhuise patenteou um esporte aquático que utilizava uma prancha de surf controlada por um para-quedas conectado por um cinto. Na época, o esporte não fez tanto sucesso; foi só nos anos 80 que ele ficou mais conhecido, após dois irmãos franceses desenvolverem uma pipa feita especificamente para o esporte. Hoje, já existem variantes do esporte que utilizam até mesmo quadriciclos e pequenos carros.

Os jogos Pan-Americanos

O atleta Alex Soto estava treinando o kitesurfing para competir nos jogos Pan-Americanos de 2019 quando o acidente aconteceu. Os jogos Pan-Americanos ocorrem a cada 4 anos e compreendem diversas modalidades de esportes, principalmente os olímpicos, apesar de também englobar esportes que estão fora das Olimpíadas. O evento é caracterizado por uma competição ulti esportiva entre as Américas (do Norte, Central e do Sul), e sua origem data-se após as Olimpíadas de 1932; o Comitê Olímpico Interncaional propôs a criação de uma competição regional entre as Américas a exemplo das demais competições semelhantes que já ocorriam no mundo. Além disso, também foi uma forma de estimular os países americanos com a prática de esportes. 

• Pedro Souza
Leia mais