O treino espartano "300" dos militares norte-americanos

O treino espartano "300" dos militares norte-americanos

O exército norte-americano tem uma fértil imaginação na hora de preparar seus soldados. A prova disso é o "300", um treino que ultrapassa os limites da compreensão.

É melhor estar bem preparado fisicamente quando você entra para o exército norte-americano. Não é difícil de ver treinos uns mais loucos que os outros aparecerem por aí. Mas nenhum deles parece ser tão duro quanto a prova "300". O objetivo é chegar às 300 repetições em seis exercícios diferentes. Tudo isso antes de começar uma prova de cardio interminável.

O "300" do exército dos EUA: Musculação

1. Barra em pronação: 50 repetições

2. Flexões TRX ou supino reto: 50 repetições

3. Rosca: 50 repetições

4. Kettlebell: 50 repetições

5. TRX rollouts ou guinada: 50 repetições ou 5 minutos para a guinada.

6. DIPS com o peso do corpo: 50 repetições.

Vai de cada um completar o treino da forma que desejar. Quer dizer que você pode fazer os exercícios um a um ou pode trabalhar de forma piramidal, ou ainda fazendo os exercícios em conjunto de forma antagonista. O objetivo é fazer a menor quantidade possível de pausas, sempre guardando energia para a segunda parte do treino.

O "300" do exército dos EUA: Cardio

1. Corrida: É preciso completar 1,6 km lembrando sempre que se trata de uma corrida mais longa. Então, fique num ritmo elevado, mas de forma controlada.

2. Avanço com peso: 400 metros a percorrer com um halter ou uma kettlebell.

3. Corrida: 1,6 km igualmente à primeira, é necessário retomar o mesmo ritmo inicial na mesma distância.

4. Avanço: 400 metros a serem percorridos com um halter ou uma kettlebell.

5. Corrida: dessa vez, faça os 1,6 km o mais rápido possível. Dê o máximo de si.

6. Crawling: Percorra 200 m nessa posição garantindo que seus joelhos não toquem no chão.

7. Corrida: Pela última vez, faça 1,6 km, mas agora para se recuperar.

Assim que você terminar, você pode voltar para casa e dormir, uma vez que é certo que você não terá nada de energia sobrando para fazer mais alguma coisa com o seu corpo.

• Pedro Souza
Leia mais