Ela sofria de obesidade, perdeu 58 kg pela segunda vez e agora exibe um corpaço no Instagram

Ela sofria de obesidade, perdeu 58 kg pela segunda vez e agora exibe um corpaço no Instagram

Depois de superar seu vício em comida, que a fez voltar a recuperar os 126 quilos que chegou a pesar, agora Ariana Omipi é uma verdadeira beleza.

A Ariana Omipi chegou a ser diagnosticada com obesidade mórbida, e embora ela não tenha chegado a pesar os 400 quilos da mulher mais gorda do mundo, foi o gatilho para que ela decidisse assumir o controle de sua vida para tentar encontrar uma solução para o seu problema. Ela conseguiu perder 54 quilos, algo que parecia impossível, mas a neozelandesa logo recuperou seu peso anterior devido principalmente a seus maus hábitos alimentares.

"Foi uma fome avassaladora que não consegui silenciar e que bloqueei apenas temporariamente", diz Ariana sobre as razões que a levaram a recuperar os quilos perdidos. O fato é que, embora sua dieta não fosse totalmente insana,  ela consumiu muitos carboidratos e gorduras, o que acabou destruindo tudo o que ela havia conseguido com muito esforço.

Omipi também reconhece que ela costumava encher os pratos de comida, já que era a única maneira de acalmar seu apetite. Se uma pessoa costuma consumir cerca de 300 gramas entre proteínas e carboidratos, Ariana consumia o dobro.

Leia também
As transformações físicas mais impressionantes dos jogadores de futebol

Em 2017, ela alcançou seu melhor peso, mas logo recuperou os quilos, o que a encorajou a se submeter a uma cirurgia bariátrica em março de 2018. Desde então, ela deixou para trás sua ansiedade e porções excessivas de comida, além de continuar com o exercício físico.

Foi assim que ela conseguiu chegar aos 68 quilos novamente: "Eu sinto que tenho controle sobre a comida. Eu posso cozinhar algo sem sentir o desejo ou a necessidade de comê-lo". Agora Ariana Omipi se dedica a motivar outras pessoas que passam pelo que ela passou.

• Bruna Moura
Leia mais