Sexta-feira é o dia mais comum para traição, afirma pesquisa

Sexta-feira é o dia mais comum para traição, afirma pesquisa

Na hora da traição, noites de sexta e desculpas como beber com colegas de trabalho são os dias e desculpas mais comuns.

Hoje é sexta, pós-expediente, e você ainda não teve notícias do seu parceiro? Cuidado, ele pode estar te traindo. Pelo menos, é o que afirma uma pesquisa realizada com mil pessoas no site britânico IllicitEncounters.com, que conecta pessoas casadas com outras que também querem, digamos, pular a cerca. Esse é o dia em que uma traição está mais suscetível a acontecer.

O levantamento descobriu que a maioria dos infiéis costuma trair seus parceiros no horário das 18h45 de uma sexta-feira. As noites de terça-feira também são as mais suscetíveis a traições, segundo a Women's Health Australia. Uma noitada com colegas de trabalho é também a desculpa mais usada para esconder uma traição.

"O que esta pesquisa mostra é que traidores são criaturas do hábito", explica Christian Grant, porta-voz do site IllicitEncounters.com. "Eles têm rotinas restritas a que costumam se apegar quando estão encontrando um amante". De fato, 64% dos participantes disse que costuma ter praticamente um horário fixo para trair, de maneira que consiga manter suas escapadas em segredo.

A pesquisa também perguntou aos usuários do IllicitEncounters.com que desculpas eles usam para enrolar os parceiros na hora da traição. A mais comum é dizer que vão encontrar ou beber com colegas depois de um dia duro de trabalho. Ir para a academia é outra grande desculpa, usada por 30% dos entrevistados. Dentre eles 

Leia também
Um rapaz e uma garota passam por situações constrangedoras durante todo o verão

De acordo com Christian Grant, você deve ficar apreensivo se seu namorado ou esposa sempre sai com os amigos nas noites de sexta, principalmente se eles sugerem te encontrar no dia seguinte. "A frequência de encontros regulares de sábado à noite pode estar ligada à culpa por uma noite de sexta de compensação", afirma. Porém os motivos pelos quais as mulheres traem seus companheiros não são os mesmos dos homens.

A traição não é algo novo e, muitas vezes, é sintoma da falta de comunicação entre os parceiros, explica a psicoterapeuta Claire McRitchie: "É uma maneira dessas pessoas se expressarem de um jeito que parece perversamente mais seguro do que usando palavras". Solidão, maldade e baixa inteligência emocional também são outras razões - ou desculpas - que podem levar uma pessoa a trair. Além disso, aparentemente pessoas que exercem certas profissões são mais propensas do que outras á traição

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações