Mulher de Thiago Silva tenta economizar na Rússia mas é parada pela polícia

Mulher de Thiago Silva tenta economizar na Rússia mas é parada pela polícia

Mulher do capitão da Seleção Brasileira tem seu taxi parado em blitz e é multada.

Os atletas da Seleção Brasileira são todos muito bem pagos. Vários têm o salário acima de um milhão de reais por mês. É o caso de Thiago Silva, jogador do Paris Saint German, e um dos zagueiros mais bem pagos do mundo.

Isabelle Silva, mulher do atual capitão do time brasileiro, está com a família na Rússia para torcer pelo marido e pela Seleção. Nesse domingo, às vésperas do jogo do Brasil contra o México pelas oitavas de final, Isabelle e seus outros 3 familiares amontoaram-se em um taxi sabendo que, assim como no Brasil, não é permitido pelas leis de trânsito que um carro com capacidade para cinco pessoas circule com seis ou mais passageiros.Numa rede social, ela até chegou a explicar sua situação levada, óbvio, na brincadeira:

Leia também
Thiago Silva - PSG: "Zlatan Ibrahimovic exagerou, eu não poderia ser atacante"

“A gente está igual siri na latinha dentro do táxi. Aqui em Sochi raramente tem um táxi com taxímetro, cada um dá seu preço e fica aquele jogo de baixa. Então, para não precisar pagar dois táxis, a gente anda assim, todo amontoado. Fomos pesquisar nosso táxi de volta, deu 500 rublos (mais ou menos R$ 30 ). Eu falei, ‘500 não, 400’. O terceiro táxi aceitou, mas não queria carregar os quatro atrás, mas carregou”, completou.

No fim das contas, o carro acabou sendo parado pela polícia numa blitz e foi mesmo multado. Pensando na multa, Isabelle já fez outros planos: “Nós paramos na blitz porque estamos em quatro. Minha dúvida é, será que ele vai ganhar multa e vai cobrar multa da gente? Pelo amor de Deus, quis economizar no táxi, vou pagar multa? Jamais! Não mesmo, vou dar uma de louca”.

Quem a conhece e vê a situação pode pensar: qual é a necessidade disso?No final da história, depois de os internautas ficarem curiosos sobre o desfecho, a mulher do zagueirão respondeu: “Diz o táxi que o policial cobrou 500 rublos (o equivalente a R$ 30), sei que eu não paguei nada, a não ser os 400 da corrida (R$ 25). Para a gente, não mudou nada”.

Pagando ou não pagando a multa, vamos combinar que o valor não faz diferença na família cujo pai garante o equivalente a cinco milhões de reais por mês.Isabelle, os filhos do casal, Iago e Isago, o irmão acompanhado de sua mulher, o pai do jogador com sua mulher, a sogra, um sobrinho, um amigo e uma tia de Isabelle: todos estavam juntos em Sochi torcendo pelo Brasil. No fim das contas, fica tanto para o leitor quanto para os internautas que acompanham de perto o cotidiano de Thiago e sua família a seguinte questão: será que a família Silva continuará pechinchando os táxis pelas ruas do país?

• De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações