Homem injeta próprio sêmen em si mesmo para tratar "dor nas costas"
Homem injeta próprio sêmen em si mesmo para tratar "dor nas costas"
Homem injeta próprio sêmen em si mesmo para tratar "dor nas costas"
Leia mais

Homem injeta próprio sêmen em si mesmo para tratar "dor nas costas"

O caso bizarro está dando o que falar nas redes. Nunca na história havia acontecido algo assim.

Um tratamento, no mínimo, diferente

É bastante comum ouvirmos hoje em dia algumas propriedades "mágicas" acerca do esperma. Quem nunca ouviu que o esperma faz bem para a pele ou que ele é muito rico em proteínas e diversas vitaminas? Essas duas perguntas já foram respondidas e os pesquisadores concluíram que elas são em partes verídicas. Porém, um caso que está rodando a web e ficou famoso a nível mundial chocou a todos os médicos e especialistas da área.

Um paciente que não quis se identificar deu entrada no hospital Adelaide e Meath, na Irlanda, queixando-se de uma severa dor na parte inferior das costas, que teria começado depois que ele levantou um objeto de metal bastante pesado. Até aí tudo bem, casos como este são comuns; porém, o que aconteceu a seguir deixou os profissionais do hospital chocados. A médica encarregada do paciente percebeu um ponto em seu braço direito que apresentava uma protuberância e inchaço, típicos de injeções. O paciente revelou então que há exatos 18 meses ele injetava uma dose mensal de seu próprio sêmen no braço; ele afirmou também que não seguia nenhuma ordem ou aconselhamento médico, e que realizava os procedimentos por conta própria. Segundo ele, a injeção intramuscular de esperma era um "método inovador" para o tratamento de dor nas costas. No relatório médico divulgado pelo canal de notícias da BBC constava que o braço do paciente "estava endurecido ao redor da minúscula ferida de entrada, onde o paciente havia feito múltiplas tentativas de injetar o fluido corporal, provocando um extravasamento do sêmen nos tecidos macios".

Método inovador?

Quando ficaram sabendo do caso e por tamanha bizarrice que o acompanhava, os médicos decidiram então pesquisar se algo semelhante já havia sido documentado ou se o procedimento realmente traria algum benefício, mas surpresa: não encontraram nada sobre injeções intramusculares do próprio sêmen na história da medicina. O que mais se assemelha a essa situação foi a descoberta de um relatório o qual diz sobre injeções de sêmen em ratos e coelhos, mas absolutamente nada em seres humanos.

O paciente, que prefere não revelar seu nome, começou então um tratamento antimicrobianos para que a prática não lhe trouxesse nenhum prejuízo á sua saúde, mas decidiu fugir do hospital antes que os médicos realizassem uma drenagem do esperma depositado em seu braço. Ele relatou que sua dor nas costas havia melhorado durante o período em que permaneceu no hospital, mas os especialistas afirmam que isso não teve relação alguma com as injeções mensais de sêmen.

Algumas verdades sobre o esperma

Apesar de vários mitos, nem todos são mentira. Estudos recentes concluíram que realmente, o esperma oferece um ótimo tratamento contra o envelhecimento e o aparecimento de rugas na pele, garantindo até mesmo uma elasticidade para ela. Foi comprovado também que o esperma é uma enorme fonte de pelo menos 3 vitaminas, a B12, C e E. Ele também é rico em minerais, como por exemplo o cálcio, o zinco, o potássio, o magnésio e o fósforo. Porém, nada disso comprova que injetar de seu próprio esperma é uma boa ideia!

(Fonte: BBC /Imagem: Getty)

Escrito por De Freitas Agostinho

Sem Internet
Verifique suas configurações