Em Portugal, doação de sêmen paga 43 euros por dose. Saiba como funciona!

Em Portugal, doação de sêmen paga 43 euros por dose. Saiba como funciona!

A baixa taxa de natalidade e o envelhecimento da população tem feito com que Governo e empresas invistam em doadores voluntários.

A recompensa por doar esperma tem sido cada vez mais generosa em Portugal. Isso porque fatores como o aumento da infertilidade e a baixa natalidade têm influenciado para que a população fique cada vez mais envelhecida.

Para combater este problema, homens com idades entre 18 e 40 anos têm sido encorajados a doar sêmen com a oferta de uma generosa recompensa financeira. O valor chega a 43 euros por cada dose – o objetivo é compensar os possíveis custos ou incômodos do processo, que pode ser feito em hospitais públicos ou em clínicas privadas.

Para ser doador, só é preciso estar saudável e na faixa etária solicitada. O processo é muito simples: basta uma recolha normal de espermatozoides.

Para as mulheres que querem doar óvulos, o processo é um pouco mais complicado porque exige um tratamento de procriação medicamente assistida, feito com o uso de anestesia, e pode demorar até 15 dias. A recompensa também é maior, cerca de 870 euros. Para ser uma doadora, a exigência é ser saudável e ter entre 18 e 35 anos.

Além da recompensa em dinheiro, o ato pode alegrar uma família que não consegue ter filhos e contribuir para o rejuvenescimento da sociedade portuguesa.

(Fonte: CM Jornal /Imagem: Guetty) 

• De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações