Você tem um olfato ruim? Isso pode ser um sinal de "morte precoce"

Você tem um olfato ruim? Isso pode ser um sinal de "morte precoce"

Se você tem a impressão de que seu olfato piora com o passar dos anos, é possível que isso esteja ligado à sua expectativa de vida...

E se a qualidade do seu olfato dissesse mais do que você poderia imaginar sobre a sua expectativa de vida? Se um número crescente de estudos sugerem que uma ligação pode existir entre mau olfato e a morte precoce em pessoas idosas, as razões dessa relação ainda são bastante vagas.

Leia também
O ibuprofeno pode provocar graves problemas de saúde

Para saber mais, uma equipe de pesquisadores dirigida pelo professor Honglei Chen, da Universidade de Mishigan, se debruçou sobre dados colhidos a partir de uma amostra de 2000 voluntários, de entre 71 a 82 anos. Estes últimos passaram por um teste simples que consiste em identificar doze cheiros conhecidos, indo de canela a limão, passando por essência e fumaça.

Durante os 13 anos seguintes, os pesquisadores apenas relataram as mortes que ocorreram entre os participantes. E os resultados desse estudo a longo prazo, publicados na revista Annals of Internal Medicine e ressaltados pela Slate, são mais eloquentes: as pessoas que não conseguiram identificar mais que oito odores 13 anos mais cedo estavam 46% mais susceptíveis a morrerem nos próximos 10 anos, e 30% mais susceptíveis a morrer antes dos próximos 13 anos.

Conclusões chocantes que devem encorajar a classe médica e os pesquisadores a se dedicarem um pouco mais ao olfato como indicador de uma saúde em declínio. O mau olfato já foi até relacionado no passado ao aparecimento do mal de Parkinson. "Seria adequado incluir um teste olfativo no quadro das consultas médicas", conclui Honglei Chen.

• De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações