Prazer, quando nossa saúde mental nos agradece

Prazer, quando nossa saúde mental nos agradece

O site de comércio eletrônico Groupon realizou uma experiência inédita utilizando as últimas inovações das neurociências em matéria de medida de emoções. Resultado: há uma prova científica sobre os benefícios das experiências prazerosas para a nossa saúde mental. 

Reserve um tempo para você, saia da rotina, desconecte-se, essas são as idéias para você dar um gás na sua saúde mental, segundo um estudo do Groupon. Com a ajuda de um bracelete conectado, o site de comércio eletrônico tentou transformar em números os sentimentos dos voluntários segundo as atividades praticadas.

20 pessoas tiveram suas emoções medidas durante uma massagem em um spa, um jantar em um restaurante e em cruzeiro no Sena. Para cada experiência, os níveis de intensidade emocionais eram medidos e mostraram muitas coisas interessantes. O prazer ligado a uma atividade de lazer não é associado apenas ao momento em si ou quando ele termina. E sim, a intenção vale tanto ou mais que a ação.

Exemplo: Durante um jantar de degustação, o anúncio de um prato e a sua apresentação gera mais emoções que a degustação em si; as massagens permitem diminuir 14 pontos de intensidade emocional dos participantes, o que corresponde a um relaxamento total. 

Em relação ao prazer, nós não somos todos iguais

Leia também
Se ficar vermelho quando bebe álcool, o melhor é parar

Os picos emocionais vêm de momentos diferentes segundos os participantes. Assim, nós podemos marcar que a nostalgia leva a descoberta. Durante uma refeição, a degustação de um prato que lembra a cozinha da vovó gera mais emoção entre os participantes. Se o cérebro necessita de coisas novas para desenvolver-se, o prato da vovó traz as lembranças de nossa infância. 

Quebra da rotina

"O prazer é o combustível do cérebro. A sobrecarga mental afeta o cérebro quando ela é permanente e traz vitalidade ao cérebro. Os momentos de prazer como as massagens, um bom jantar com os amigos, uma noitada, são fundamentais para permitir ao cérebro  uma regeneração e uma recarga. É essencial para o cérebro ter pausas regulares e tempo para ele mesmo", explicou o comunicado do Groupon. 

Sair da rotina seria uma necessidade vital mas boa parte das pessoas declaram que boa parte do seu cotidiano é ditado pelas restrições. Um sentimento ainda mais forte nas mulheres e nos pais. O cérebro destrói-se com a rotina e nutre-se com a novidade, com a multiplicação das experiências multissensoriais. E de acordo com as experiências, diferentes zonas cerebrais são ativadas, então pensem em variar os prazeres! Sua saúde mental vai te agradecer. 

Raposo Gabriela
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações