Paquistão: 65 crianças contraem o vírus da Aids por causa de um médico

Paquistão: 65 crianças contraem o vírus da Aids por causa de um médico

No Paquistão, um médico transmitiu o vírus da Aids para mais de sessenta crianças.

Esta semana, no sul do Paquistão, um médico teria transmitido a mais de 90 pessoas o vírus da Aids, dentre elas 65 crianças. O vírus HIV teria sido contraído pelos pacientes por causa de uma agulha contaminada, usada repetidamente pelo médico em questão.

Leia também
O ibuprofeno pode provocar graves problemas de saúde

Depois de terem observado que vinte crianças haviam contraído o vírus, as autoridades de Larkana foram às presas pedir que os agentes de saúde fizessem exames nos outros pacientes. Kamran Nawaz, sargento da polícia do Larkana, comentou sobre a situação dramática com a AFP: "Nós prendemos um médico, de acordo com as autoridades de saúde, ele injetou os remédios em vários pacientes usando a mesma seringa".

Depois de fazer testes com os pais das crianças doentes, que não eram não portadores do vírus, as autoridades foram até a clínica onde o médico usou apenas uma agulha, contaminada pelo vírus.

• Andressa Zabeu
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações