Mulher processa empresa de absorventes após perder a perna
Mulher processa empresa de absorventes após perder a perna
Leia mais

Mulher processa empresa de absorventes após perder a perna

Lauren Wasser, de 24 anos, tinha a vida perfeita quando foi parar em um hospital a beira da morte por conta da síndrome do choque tóxico, causado pelo uso de absorvente interno.

A vida de Lauren mudou em outubro de 2012, quando ela passou numa farmácia da rede Ralph´s para comprar sua marca de absorventes internos preferida, a Kotex Natural Balance.

Ela conta que, naquele dia, trocou de absorvente três vezes, de manhã, à tarde e à noite. Mas, na festa de um amigo, começou a se sentir muito mal e decidiu ir para casa dormir.

Foi encontrada no dia seguinte pela polícia e levada por um amigo, que achou a jovem deitada no chão ardendo em febre. Lauren sofreu um ataque cardíaco e passado vários dias em coma induzido, perdeu a perna direita devido a complicações da Síndrome do Choque Tóxico (SCT) e alguns dedos do pé esquerdo.

Após cinco anos ela ainda tem "dores excruciantes" todos os dias. Enquanto Lauren estava no hospital, sua mãe deu início a um processo judicial contra a Kimberly-Clark, fabricante e distribuidora dos absorventes Kotex Natural Balance e contra as lojas Kroger e Ralph's, que vendem o Kotex Natural Balance.

Depois de ter passado muito tempo em depressão, na sequência da amputação, Wasser tem usado a sua experiência para alertar outras mulheres para o risco da SCT. Lauren também está preparando para amputar a perna esquerda nos próximos meses.

Escrito por De Freitas Agostinho
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações