Hipertireoidismo: Sintomas, tratamento e causas. O hipertireoidismo tem cura?
Hipertireoidismo: Sintomas, tratamento e causas. O hipertireoidismo tem cura?

Hipertireoidismo: Sintomas, tratamento e causas. O hipertireoidismo tem cura?

O hipertireoidismo é uma doença da glândula tireoide que se caracteriza por uma produção anormalmente elevada de hormônios tireoidianos. Quais são os sinais clínicos e qual o seu tratamento?

O que é o hipertireoidismo?

O hipertireoidismo corresponde à produção excessiva de hormônio pela glândula tireoide. Essa glândula, situada no pescoço, tem uma grande influência no funcionamento do organismo. É ela que regula o metabolismo das células, controlando, assim, a energia muscular ou o ritmo cardíaco.

O hipertireoidismo atinge mais frequentemente adultos entre 40 e 60 anos. É menos comum do que hipotireoidismo, doença com a disfunção oposta.

Causas do hipertireoidismo

A primeira causa de hipertiroidismo é a doença de Graves, ou doença de Basedow-Graves (em 80% dos casos). Trata-se de uma doença autoimune da tireoide. Os anticorpos anormais produzidos pelo sistema imunológico são dirigidos contra as células da tireoide e estimulam continuamente a liberação dos hormônios tireoidianos. Estes anticorpos também podem, em casos raros, provocar uma inflamação dos olhos ou da pele.

Os nódulos tireoidianos são de tamanho pequeno localizados na glândula tireoide. Geralmente, eles são indolores e não trazem consequências. No entanto um determinado tipo de nódulo, chamado nódulo tóxico, pode causar um hipertireoidismo.

Uma inflamação da tireoide, ou tireoidite, pode provocar por um curto período, a produção de hormônios no sangue. Isso geralmente não dura mais do que algumas semanas. Em alguns casos, ela progride para um hipotireoidismo.

Sintomas do hipertireoidismo

Quando o hipertireoidismo é leve, ele pode passar despercebido. No entanto, há vários sinais clínicos característicos:

- Aceleração do ritmo cardíaco

- Aparecimento de um bócio (protuberância) no pescoço

- Hiperatividade nervosa que provoca nervosismo e tremor na ponta dos dedos

- Perda de peso, apesar do aumento do apetite

- Respiração cortada

- interrupção do sono

- Cessação da menstruação

- Irritabilidade

- evacuações freqüentes

No caso da doença de Graves, também se pode observar uma exorbitação dos olhos, vermelhidão e espessamento da pele da tíbia.

Hipertireoidismo: tratamento

Quando existe uma doença autoimune (doença de Graves), o cuidado baseia-se na prescrição de medicamentos antitireoides como propiltiouracil ou metimazol. Eles têm a função de impedir a produção de hormônios tireoidianos no sangue para voltar às taxas normais. Para compensar e evitar o hipotireoidismo, também são prescritos hormônios sintéticos.

Um tratamento com iodo radioativo também permite uma volta ao normal. Trata-se de uma injeção de baixa taxa de iodo radioativo que, uma vez absorvido pela glândula tireoide, emite radiação que destrói uma parte das células tireoidianas.

Na maioria dos casos, uma só dose é suficiente. Como as reincidências são comuns, é necessário ficar atento. Em caso de recorrência dos sintomas, deve-se retomar o tratamento medicamentoso. Em caso de falha do tratamento, a remoção da tireoide pode ser considerada.

Escrito por Bruna Moura
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações