Herpes labial: tratamento, transmissão e sintomas. Tem cura?

Herpes labial: tratamento, transmissão e sintomas. Tem cura?

O herpes labial é uma infecção cutânea viral no lábio. É benigno, mas pode incomodar bastante. Quais são os remédios e tratamentos para o herpes?

Definição: o que é herpes labial?

O herpes labial é uma afecção cutânea nos lábios. Manifesta-se pelo aparecimento de um conjunto de bolhas e evolui em surtos.

O herpes labial é uma infecção comum e recorrente causada pelo vírus do herpes simplex do tipo 1(VHS-1). Estima-se que 50 a 90% da população já tenha sido infectada pelo vírus.

Geralmente a primeira infecção pelo VHS-1 acontece na infância. O vírus, em seguida, permanece silencioso no organismo e passa despercebido. Quando se reativa, o herpes labial aparece.

Sintomas do herpes labial

A primeira crise de herpes labial é quase sempre assintomática. A reativação do vírus provoca o aparecimento da doença. Constata-se também uma erupção de pequenas bolhas dolorosas cheias de líquido que se tornam uma crosta quando estouram.

Existem alguns sinais de alerta que antecipam uma erupção:

- Coceiras

- Formigamentos

- Sensação de calor

- Inchaço dos lábios

-Uma leve febre 

Os sintomas desaparecem naturalmente entre 7 a 10 dias sem deixar vestígios, porém há um forte risco de reincidência.

Causas do herpes labial

Muitos fatores podem causar uma nova crise de herpes labial:

- Exposição ao frio ou ao sol- Um grande estresse 

- Febre alta- Período menstrual

- Uma doença infecciosa

Transmissão do VHS-1

O vírus VHS-1 é extremamente contagioso, principalmente quando as bolhas estouram. A transmissão pode ocorrer através o contato direto ou indireto com objetos contaminados. O período de incubação é de 1 a 6 dias.

Em alguns casos, o vírus pode ser transmitido para outras partes do corpo, como o interior da boca ou os olhos e causar uma gengivoestomatite herpética ou uma conjuntivite.

Leia também
Descubra o efeito surpreendente do leite com Coca-Cola

Por isso, em caso de recorrência, é importante respeitar certas regras de higiene para limitar a propagação do vírus: não tocar as lesões, não compartilhar objetos potencialmente contaminados (copos, escova de dente, toalhas) e evitar o contato íntimo.

Como tratar o herpes labial?

Os sintomas do herpes labial desaparecem espontaneamente após alguns dias, por isso o tratamento não é obrigatório. No entanto, é possível reduzir os efeitos incômodos com ajuda da aplicação local de um creme anestésico. Ele pode ser associado a um creme antiviral que bloqueia a multiplicação do vírus.

Para ajudar a aliviar a dor, é aconselhável aplicar uma compressa de gelo sobre as bolhas várias vezes ao dia e manter os lábios hidratados.

Se houver um grande número de recorrências (mais de seis surtos de herpes labial por ano), um tratamento antiviral oral também pode ser prescrito.

Bruna Moura
Sem Internet
Verifique suas configurações