Família do DF consegue direito de plantar maconha para a filha

Família do DF consegue direito de plantar maconha para a filha

Após 6 meses na justiça, uma família de Brasília conseguiu o direito de plantar maconha medicinal em casa. A adolescente Júlia, de 16 anos, chegava a ter 80 convulsões diárias, e uma das crises foi tão forte que ela chegou a quebrar um dos dedos da mão. Renan Hackradt Rego, padrasto da menina, chamou de absurda a discussão sobre a regularização e autorização para plantio.

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações