Exantema súbito: sintomas, tratamento e transmissão. O que é roséola?
Exantema súbito: sintomas, tratamento e transmissão. O que é roséola?

Exantema súbito: sintomas, tratamento e transmissão. O que é roséola?

A roséola infantil é uma doença contagiosa que atinge principalmente as crianças com menos de dois anos. No entanto, em casos raros, ela pode surgir na idade adulta, apresentando várias complicações.

O que é a roséola?

A roséola, também chamada de exantema súbito ou sexta doença, é uma doença contagiosa provocada por um herpes vírus humano (HHV-6). Na maioria das vezes, ela se manifesta através de febre súbita e erupções cutâneas.

A roséola infantil atinge crianças entre 6 meses e 2 anos, geralmente é benigna e se torna muito rara após os quatro anos. No entanto, ela pode ser contraída por adultos em alguns casos, podendo então provocar diversas complicações.

Estima-se que 90% das crianças foram infectadas antes de entrarem no jardim de infância, se tornando imunes para o resto da vida.

Roséola: sintomas

O primeiro sintoma da roséola é uma febre alta (acima de 39ºC) que surge de forma repentina. Ela dura em média de 3 dias a uma semana e pode vir acompanhada de inchaço dos gânglios no pescoço, dores de cabeça, sensação de fadiga ou secreções nasais.

Depois de alguns dias, pequenas manchas rosadas aparecem na pele, no rosto e no tronco. Em seguida, essa erupção cutânea pode se estender a outras partes do corpo. Ela não provoca coceira e dura de um a três dias.

Em certos casos, a febre alta pode provocar convulsões febris em bebês, levando o corpo a tremer de forma descontrolada. Esse sintoma desaparece rapidamente e não costuma deixar sequelas. Entretanto, recomenda-se consultar um médico.

A roséola em adultos

Em casos extremamente raros, a roséola pode surgir na idade adulta. Nessas ocorrências, ela deve ser levada a sério, pois suas complicações são significativas e as consequências para o corpo são graves.

Ela pode provocar uma hepatite, uma meningoencefalite, uma trombocitopenia, uma inflamação do fígado ou uma infecção dos tecidos cerebrais.

Roséola: tratamento

A roséola é uma doença relativamente benigna que desaparece em alguns dias. O tratamento é, portanto, unicamente sintomático.

Os medicamentos prescritos para aliviar a febre são o ibuprofeno e o paracetamol. Também é recomendado repousar e ingerir bastante líquido para evitar a desidratação.

Escrito por Helena Barros
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações