Enxaqueca: um tratamento inovador poderá em breve ajudar a lutar contra as dores de cabeça

Enxaqueca: um tratamento inovador poderá em breve ajudar a lutar contra as dores de cabeça

Pesquisadores dinamarqueses apresentaram uma solução inovadora para o tratamento de crises de enxaqueca. Graças a um simples inalador, os gases chegam ao cérebro para dilatar os vasos sanguíneos e, assim, promover a oxigenação. Um tratamento eficaz desde os primeiros segundos de uso segundo seus criadores.

Um simples sopro de ar fresco para tratar a dor de cabeça ... Um sonho para todos os que sofrem de enxaqueca a priori ilusório, mas que poderia muito bem se tornar realidade graças a um dispositivo desenvolvido por pesquisadores dinamarqueses. Apresentada em uma publicação da revista Cephalalgia, essa solução inovadora é fruto de uma equipe da Universidade de Aarhus, a segunda maior do país, atrás apenas da de Copenhague.

Em vez de um tratamento medicamentoso complexo, é um dispositivo de uma desconcertante simplicidade criado pelos pesquisadores: um pequeno inalador que produz seus primeiros efeitos sedativos em questão de segundos. Seu segredo: gases que atuam diretamente sobre os mecanismos que causam a enxaqueca, como revelado por um dos co-autores do trabalho, Troels Johansen, médico do Departamento de Medicina Clínica e  do serviço especializado no tratamento de enxaquecas do Hospital da Universidade de Aarhus.

Imitar os processos naturais de defesa do cérebro

"Nós usamos CO2 [dióxido de carbono] e oxigênio, que são as moléculas naturais do corpo para mobilizar suas próprias defesas contra as crises de enxaqueca. O inalador dilata mais de 70% dos vasos sanguíneos que alimentam o cérebro com oxigênio e param a reação em cadeia destrutiva ", explica o cientista.

As enxaquecas são, de fato, o resultado da contração dos vasos sangüíneos que irrigam o cérebro, que, portanto, não são mais suficientemente supridos de oxigênio. Isso causa uma sensação de dor. Um processo até então implacável que parece poder  ser combatido de forma eficaz, como mostra o estudo piloto realizado pelos pesquisadores.

Entre 2016 e 2017, 11 pacientes concordaram em testar o inalador. Eles sofriam de uma forma especial de enxaqueca: enxaqueca oftálmica, um tipo de dor de cabeça precedida por distúrbios visuais, particularmente impressionante, mas que geralmente não é grave. Como resultado, 45% sentiram alívio desde o primeiro uso. Uma taxa que subiu para quase 80% em uma segunda utilização.

Resultados promissores

Leia também
Descubra o efeito surpreendente do leite com Coca-Cola

"O estudo mostra alguns efeitos psicológicos significativos no organismo", diz Troels Johansen. Uma eficácia observada realmente em um número limitado de pacientes, porém os pesquisadores querem demonstrar em maior escala em um teste clínico que inclua pacientes que sofrem de enxaquecas oftálmicas, mas também dores de cabeça crônicas sem manifestações visuais.

Se esta segunda fase de validação confirmar a eficácia do inalador, é uma comercialização iminente que certamente aguarda o dispositivo. Troels Johansen e membros de sua equipe já iniciaram a fase de produção do aparelho, fundando a empresa BalancAir. A promessa de um sopro real de ar fresco para todos os que sofrem com a  enxaqueca.

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações