Condiloma: tratamento, sintomas, prevenção. O condiloma Tem cura?
Condiloma: tratamento, sintomas, prevenção. O condiloma Tem cura?

Condiloma: tratamento, sintomas, prevenção. O condiloma Tem cura?

Os condilomas, ou verrugas genitais, são lesões benignas nos órgão genitais causadas pelo papilomavírus.

O que é um condiloma?

Os condilomas, ou verrugas genitais, são lesões benignas da pele na área dos órgãos genitais. Eles são causados pelo papilomavírus ou vírus do papiloma humano (HPV). Trata-se de uma infecção sexualmente transmissível (IST), que geralmente aparece após a clamídia.

Cerca de 30 milhões de pessoas seriam portadoras do vírus. Os condilomas aparecem principalmente no início da atividade sexual.

Tipos de condiloma

Existem três tipos de condilomas:

- Condilomas acuminados: São lesões que “desabrocham”, localizadas na vulva, ânus ou pênis. São conhecidos como "crista de galo". São pequenas massas ligeiramente rosadas ou esbranquiçadas.

- Condiloma papular: São pápulas (bolha seca sem líquido) da cor da pele ou ligeiramente rosadas. Em caso de profusão, é chamado de papulose bowenoide.

- Condiloma plano: Essas verrugas geralmente são invisíveis a olho nu, mas podem aparecer como manchas vermelhas ou rosadas. Elas são temidas, pois o risco de contaminação é muito alto. Os condilomas planos podem causar câncer do colo do útero.

Transmissão dos condilomas

O papilomavírus humano, responsável pelas verrugas genitais é muito contagioso. Ele é transmitido durante as relações sexuais por meio do contato direto.

Uma transmissão indireta pela roupa ou material contaminado também é possível. De fato, o vírus é relativamente resistente às condições ambientais.

Tratamento dos condilomas

As verrugas podem ser tratadas com ajuda de cremes e de produtos a serem aplicados localmente durante várias semanas, como a podofilotoxina. Atenção: é importante seguir a prescrição médica, porque se trata de um produto extremamente irritante.

Se o tratamento médico não for suficiente para eliminar as verrugas, alguns tratamentos cirúrgicos são possíveis. A crioterapia consiste em queimar a verruga pelo frio através da aplicação de nitrogênio líquido. Várias sessões são necessárias para erradicar as lesões.

Os condilomas também podem ser queimados usando um laser de CO2 ou pela eletrocoagulação com um bisturi elétrico. Estes dois métodos requerem anestesia local ou geral, dependendo do caso.

É necessário saber que é indispensável o uso constante de preservativos durante as relações sexuais enquanto o tratamento durar para reduzir os riscos de contaminação. Nas mulheres, é recomendável o exame regular de Papanicolau.

Escrito por Bruna Moura
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações