Calázio: Causas, tratamento caseiro e cirurgia. O que é calázio?
Calázio: Causas, tratamento caseiro e cirurgia. O que é calázio?

Calázio: Causas, tratamento caseiro e cirurgia. O que é calázio?

O calázio é uma inflamação de uma glândula da pálpebra. Ele não contagioso, mas pode ser incapacitante, principalmente quando torna-se crônico. Qual é o seu tratamento e quais são as suas causas?

O que é calázio?

Um calázio é uma inflamação e um encistamento de uma glândula na pálpebra. Ele se manifesta pela formação de uma bolinha sob a pele, frequentemente dolorosa.

O calázio pode ser incapacitante, mas é benigno e não apresenta nenhum perigo para a visão ou para a saúde. É muito comum, mas não é contagioso de modo algum.

Não deve ser confundido com o terçol (hordéolo), que é uma infecção da glândula que se forma na borda da pálpebra, na raiz dos cílios.

Causas do calázio

As glândulas de Meibomius são glândulas sebáceas situadas na epiderme da pálpebra. Conta-se entre 30 e 40 dessas glândulas em cada pálpebra. Elas têm o objetivo de secretar os lipídios que fazem parte da composição do líquidolacrimal. Quando o sebo secretado é muito espesso, o pequeno canal que drena a glândula fica bloqueado e se entope. Esse canal começa a inchar conforme o óleo se armazena, criando uma bolha sob a pele.

Poucos dias após a sua formação, o calázio pode sofrer uma inflamação. Então, ele se torna vermelho e doloroso e, geralmente, é acompanhado por uma sensação de calor. Este encistamento é mais frequentemente causado por um estafilococo. Situada sobre a pele, essa bactéria muito comum pode atingir a pálpebra e infectá-la.

Caso o calázio se torne crônico, é provável que tenha sido causado por uma blefarite resultante de uma má higiene ocular. Porém as causas exatas ainda são desconhecidas. A poluição ou alergias também podem ser originar uma infecção. No entanto, parece que a secura ocular é a principal responsável pelo calázio.

Tratamento caseiro e cirurgia do calázio

O calázio geralmente pode ser tratado em casa. Por isso é aconselhável aplicar uma compressa úmida e quente durante 20 minutos, várias vezes por dia. Um colírio antibiótico e uma pomada a base de cortisona podem ajudar a reduzir a inflamação. O tratamento geralmente dura várias semanas, já que o calázio leva bastante tempo para desaparecer.

Se isso não funcionar, uma intervenção cirúrgica pode ser efetuada. Trata-se de uma pequena incisão da glândula, com uma anestesia local, para drená-la. Em alguns casos, a remoção completa da glândula pode ser necessária.

Escrito por Bruna Moura
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações