Problemas de ereção: como remediar a essa disfunção?

Problemas de ereção: como remediar a essa disfunção?

42% dos homens afirmam já ter vivido uma pane sexual... Desconfiamos que ainda haja muitos mais que não teriam coragem de contar. Ter uma pane sexual não é algo grave, acontece com todo mundo, vamos te explicar como reagir e encontrar soluções!

A disfunção sexual não tem nada de engraçado para os homens que enfrentam o problema. Eles são cerca de um terço e julgam que esse problema teve um impacto importante em sua qualidade de vida sexual.

Causas possíveis da disfunção sexual

Da parte das doenças:

As causas da disfunção sexual podem ser múltiplas: envelhecimento é um dos principais fatores, mas algumas doenças também podem contribuir para o problema, entre elas doenças do coração ou da próstata.

Outros fatores que podem também favorecer a disfunção são o tabagismo e a administração de alguns medicamentos como antidepressivos e soníferos. Não hesite em consultar um médico, que poderá ajustar a dosagem. O álcool e as drogas, de forma geral, também podem provocar esse fenômeno.

Da parte psicológica:

Entretanto, é preciso saber que os problemas para ter ereção não estão necessariamente ligados a causas fisiológicas. Eles podem também ser o resultado de estresse intenso, de saturação psíquica e até de ansiedade ligada à performance. Igual acontece com as mulheres, a libido do homem é diretamente influenciada pela mente.

Tratamento dos problemas de ereção

Depois de passar por uma consulta com um médico, o paciente poderá receber vários tratamentos, entre eles:

- Tratamento por via oral: Sildenafila, Vardenafila, Tadalafila... Essas moléculas possibilitam o aumento do fluxo sanguíneo e funcionam com ajuda do estímulo sexual.

Leia também
Conheça a mulher mais ciumenta do mundo!

- Tratamento hormonal: as disfunções eréteis podem estar ligadas à baixa testosterona. Nesse caso, depois dos exames, o médico poderá propor ao paciente um tratamento que favoreça o aumento da taxa hormonal.

- Tratamento local ou o implante de uma prótese: o tratamento local se dá na forma de injeção no corpo cavernoso do pênis (situado na parte de trás). Esse tratamento só é reembolsado quando em caso de doença grave. A última solução é o implante de uma prótese peniana. Trata-se de uma intervenção que consiste na aplicação na parte interior do corpo cavernoso do pênis um material que possibilite dar a rigidez necessária para a penetração nas relações sexuais.

Seja qual for a causa, a disfunção sexual não é nada vergonhosa. A melhor coisa a se fazer nesse caso é dialogar e estar aberto às soluções.

• De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações