5 sinais que você está precisando ter relações

5 sinais que você está precisando ter relações

Um período de abstinência traz efeitos (negativos em sua maioria) que podem te afetar física e emocionalmente.

Ter uma vida sexual ativa traz muitos benefícios para a saúde do indivíduo; afinal, o sexo cumpre uma função importante na manutenção e atividades do nosso corpo. Se por alguma razão (moral-religiosa, falta de oportunidade, de interesse, etc.) você não tem tido muitas relações ultimamente, essa lista poderá te fazer mudar de ideia. Confira abaixo:

1. Ficar gripado constantemente

São muitos os hábitos nocivos que podem deixar uma pessoa resfriada. No entanto, um dos efeitos negativos causados pela abstinência sexual é um sistema imunológico mais vulnerável. Segundo pesquisas, as pessoas que têm relações de uma a duas vezes por semana podem apresentar um aumento de até 30% da Imunoglobulina A, anticorpo que atua na primeira linha de defesa do corpo, responsável por proteger o organismo de vírus e bactérias.

2. Aumento na quantidade de acnes e pele menos macia

Esses fatores ocorrem porque praticar atividade sexual favorece a sudorese ou a transpiração, que ajuda na limpeza dos poros e, assim, evita a formação de espinhas e acnes. Além disso, ela ativa uma maior circulação sanguínea e a produção de colágeno, proteína que dá estrutura, firmeza e elasticidade à pele.

3. Falta de sono e muito estresse

Outro efeito positivo para as pessoas que têm relações constantemente é a produção de hormônios calmantes que diminuem a pressão arterial e a ocitocina, hormônio que produz parte do prazer do orgasmo e aumenta as atitudes positivas por trabalhar na empatia e afetividade da pessoa. Assim, você consegue ter uma melhor noite de sono, mais equilibrada, e estar mais bem humorado.

4. Redução da libido

A diminuição das atividades sexuais afeta a libido, fazendo com que muitas pessoas até mesmo percam completamente o interesse. Segundo estudo, um longo período de abstinência pode gerar até mesmo dores e dificuldades ao voltar a ter relações, principalmente no caso das mulheres, onde haveria uma redução dos níveis de lubrificação.

5. Queda de cabelo e unhas

Leia também
Um rapaz e uma garota passam por situações constrangedoras durante todo o verão

Existem muitas razões genéticas e o próprio estresse para a perda de cabelo e queda das unhas mas, assim como ocorre na pele, a diminuição da produção do colágeno afeta cabelos e unhas. Por outro lado, a excitação sexual e o orgasmo fazem o cabelo crescer mais rápido, por estimularem o sistema nervoso que envia impulsos dos pés até o couro cabeludo.

Imagem: Getty Image 

Flávio Soares
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações