O que é radiologia? — Conheça a definição e saiba como são os exames e quais são os riscos

O que é radiologia? — Conheça a definição e saiba como são os exames e quais são os riscos

Radiologia é um termo genérico que abrange diferentes técnicas médicas com um mesmo princípio: utilizar a radiação para diagnosticar ou tratar patologias.

O que é a radiologia?

Especialidade das ciências médicas, a radiologia consiste em uma técnica de imagiologia que usa a radiação ionizante — ou seja, os raios X — para obter imagens de diferentes estruturas anatômicas. A técnica é indicada para a obtenção de imagens do esqueleto, dos pulmões, da cavidade abdominal ou dos seios. A radiologia se baseia nas propriedades da radiação, que pode atravessar a matéria viva e registrar imagens em filmes radiológicos fotossensíveis. O resultado é uma foto do interior do corpo humano, permitindo que profissionais de saúde analisem os tecidos fotografados. As diferentes nuances de coloração obtidas (do preto ao branco) dependem da densidade dos tecidos atravessados.Dessa forma, a radiologia é utilizada para fins de diagnóstico, podendo ter, ainda, um objetivo de cura: a técnica permite o tratamento de algumas formas de câncer, função conhecida como radioterapia.  

 

O que acontece durante o exame?

O exame radiológico pode ser feito em um ambiente hospitalar ou em uma clínica especializada. Seja qual for o local de execução, uma prescrição médica é necessária para que o exame seja coberto pelo plano de saúde do paciente. Após o registro do exame na recepção ou seção administrativa do hospital ou da clínica, o paciente é acompanhado por um técnico em radiologia que dará as orientações a serem seguidas. De acordo com as exigências do exame, é possível que um meio de contraste seja administrado por via intravenosa — o objetivo é facilitar a leitura da imagem a ser obtida. Após a conclusão desta etapa preparatória, o paciente é conduzido à sala de exame, onde será posicionado entre o tubo que emite os raios X e a placa fotossensível onde as imagens serão impressas. Geralmente, pede-se que o paciente segure a respiração por alguns instantes para que as imagens finais tenham uma boa qualidade. 

Leia também
Descubra o efeito surpreendente do leite com Coca-Cola

 

Quais são os riscos para a saúde?

Os exames de radiologia são recomendados somente nos casos em que os benefícios de sua realização são superiores aos riscos da emissão dos raios X. Na verdade, as diferentes radiografias que fazem uso da radiação ionizante são consideradas radiantes. Assim, é necessário seguir princípios de precaução. Isto significa que a prescrição de uma radiografia deve ser justificada, e que a dose de raios emitidos deve ser a mais fraca possível. Se a probabilidade de desenvolver um câncer com exposição a doses mínimas de radiação é baixa, ela aumenta quando as doses excedem os 200 mSv. É importante lembrar que um tumor secundário à radiação pode surgir anos depois da exposição.

Raposo Gabriela
Sem Internet
Verifique suas configurações