Muay Thai: uma prisão oferece aos detentos a possibilidade de lutar por sua liberdade

Muay Thai: uma prisão oferece aos detentos a possibilidade de lutar por sua liberdade

O "Prison Fight" é um evento de caridade organizado dentro das prisões tailandesas para dar uma chance aos detentos de se libertar pelas vias sagradas do Muay Thai. Assaltantes, assassinos, traficantes, mas antes de tudo boxeadores, os prisioneiros escolhidos são apenas aqueles que apresentam melhores comportamentos na cela e que são dignos de combate.

Na Tailândia, o Muay Thai é mais do que um esporte de combate. É uma religião, uma cultura, uma filosofia. Desde de muito jovens, eles o praticam, aprendem suas técnicas e competem com outros para subir degraus na vida. E, quando se encontram embaixo nas escalas sociais, o Muay Thai ainda é a solução para ajudar a subir na vida.

Na prisão de segurança máxima de Klong Prem em Bangkok, os combates pela liberdade são organizados entre os detentos e boxeadores estrangeiros. Sob o incentivo de uma associação de reabilitação e do departamento de administração penitenciária, os prisioneiros mais exemplares do estabelecimento tem a possibilidade de combater para ganhar dinheiro ou reduzir suas penas.

Leia também
O significado de 13 "tatuagens de prisão"

E se você acha que a exaltação da violência nos combates organizados alimenta ainda mais a violência entre os detentos, você está errado. O Muay Thai é uma arte marcial nobre onde o respeito ocupa uma posição de primeira importância. Combater por sua liberdade é um privilégio dado aos melhores prisioneiros.

"Prision Fight" é atualmente o programa de reinserção mais socialmente aceito pelos tailandeses. A associoção ajuda a responsabilizar os detentos, a promover o esporte e garante um acompanhamento médico permanente para prepará-los para seu melhor nos combates.

Pedro Souza
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações