Qual o time de futebol do seu candidato à presidência?

Qual o time de futebol do seu candidato à presidência?

A maioria dos presidenciáveis que concorre às eleições deste ano torce para clubes paulistas, cariocas e gaúchos. Conheça as preferências de cada candidato!

A sabedoria popular diz que não se discute sobre religião, política e futebol. Mas, em tempos de eleições, é praticamente impossível ficar de fora dos debates relacionados ao futuro do nosso país. Este artigo, porém, não vai falar sobre as propostas dos candidatos para melhorar a economia, a saúde ou a educação do Brasil. E sim revelar o time de coração de cada um deles. 

Será que, além de terem as mesmas posições políticas, você e o seu candidato preferido à Presidência da República torcem pelo mesmo clube? O jornalista esportivo Bernardo Pombo, do blog Pombo Sem Asa (Globoesporte.com), descobriu as preferências de cada um dos presidenciáveis. Confira:

Álvaro Dias, do Podemos, e Guilherme Boulos, do PSOL, são torcedores do Corinthians. Já Marina Silva é palmeirense – assim como Jair Bolsonaro, que tem o coração dividido entre o time paulista e o Botafogo, do Rio de Janeiro. 

Geraldo Alckmin é santista igual a Henrique Meirelles, do MDB, que afirma torcer também pelo Flamengo. Os outros dois times grandes do Rio também foram citados no levantamento: João Amoêdo, candidato do Partido Novo, torce pelo Fluminense e Cabo Daciolo, do PATRI, é vascaíno. 

Ciro Gomes é um dos torcedores do pouco conhecido Guarany de Sobral, do Ceará, sua terra natal. Enquanto Vera Lúcia, do PSTU, é fã do Confiança, clube de Aracaju que disputa a série C do Campeonato Brasileiro. 

O filho do ex-presidente João Goulart, candidato do PPL, torce pelo Internacional, de Porto Alegre, e Eymael, do partido Democracia Cristã, divide-se entre o Grêmio e o São Paulo. 

O Partido dos Trabalhadores (PT), que ainda enfrenta um cenário de indefinição para as eleições de outubro, tem como principal candidato o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva – um corinthiano roxo. Como a sua candidatura ainda está barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), talvez o PT avance com o nome de Fernando Haddad, que é são-paulino.  

• Pedro Souza
Leia mais