Sogro de ator não aceita o relacionamento com sua filha e o assassina junto com seus pais

Sogro de ator não aceita o relacionamento com sua filha e o assassina junto com seus pais

O ator Rafael Miguel foi morto a tiros pelo sogro nesse domingo. Uma repórter ao se referir sorrindo ao assunto foi instantaneamente repreendida.

Em um único ato de homicídio, Rafael Henrique Miguel, o ator, e seus pais, João Alcisio Miguel, 52, e Miriam Selma Miguel, 50, foram mortos nesse domingo (9), pelo sogro do primeiro, que não aceitava o relacionamento de Rafael com sua filha, Isabela Tibcherani.

O jovem ator de 22 anos ficou famoso pela série “Chiquititas”, quando fez o personagem Paçoca, no canal SBT. Também passou pela Globo na novela “Pé de Jaca” e em “Cama de gato”. Anos mais cedo, atuava em peças publicitárias. Rafael apareceu para o grande público e para a televisão de fato com a propaganda que fez para a marca Sustagen, quando lançava a frase e repetia “mãe, compra brócolis”. Sua carreira decolou desde então como ator. O que não se esperava é que tudo viria a ter um ponto final tão repetindo e precoce.

Rafael Miguel e seus pais se dirigiram até a casa da namorada do artista para conversar sobre o relacionamento entre os dois, mais especialmente, para explicar a relação e esclarecer que não havia maus interesses por trás da relação dos dois. Entretanto, ao chegarem no portão da casa de Isabela, Paulo Cupertino Matias, comerciante e sogro, pai de Isabela, os recebeu armado.

Segundo o boletim de ocorrência, o senhor de 48 anos atirou nos três e todos morreram no local. O crime aconteceu na Estrada do Alvarenga, a zona sul de São Paulo. O velório foi feito nesta segunda-feira (10), o clima, no velório, foi de revolta, dos amigos e familiares de ambos os lados.

A prima de Isabela confirmou a hipótese com suas próprias palavras. "Eles foram lá para mostrar que eram uma boa família, que não ia explorar a filha, que ele ia ser uma pessoa que ia acrescentar na vida dela. Inclusive a namorada jamais imaginou que chegaria a esse ponto", contou.

Nas redes sociais, muitas homenagens foram feitas ao jovem, em especial por Isabela, que enfrenta com muita dificuldade e lágrimas a atual situação.  "Só queríamos ser livres pra amar, sem medida. Queríamos explorar o mundo e explorar a vida. Crescer, lado a lado, como um só”, escreveu no facebook.

Pelo Instagram, Isabela fez uma longa declaração, lembrando os melhores momentos do casal. “Você me faz amar os gatinhos, você me mudou desde o primeiro instante, me fez ser mais doce. Me deu a capacidade de ser mais amável. Eu jamais amei alguém como amo você, E jamais amarei outro. You’re the one. My husband, my angel, my king. [ Você é o cara. Meu marido, meu anjo, meu rei.] E como nossa frase diz e será eternizada ‘Together. Always’ [Para sempre. Juntos]. Eu te amo!”.

Leia também
Com 1,80 metros de quadril, essa garota tem um dos maiores bumbuns do mundo

Paulo, o autor do crime, já tinha passagem pela polícia por roubo em 1990, mas recorreu e a condenação acabou sendo anulada. O crime cometido nesse domingo ainda está sob investigação, ao ser condenado, o pai de Isabela deverá cumprir pena pelos três homicídios.

Saiba mais detalhes sobre o crime no vídeo acima! 

(Fonte: Uol) 

Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações