Piridoxina: efeitos, fontes, deficiência, o que é?

Piridoxina: efeitos, fontes, deficiência, o que é?

A piridoxina corresponde a uma das substâncias ativas da vitamina B6, a vitamina do grupo B mais conhecida, por suas numerosas funcionalidades no organismo. Uma carência de piridoxina pode ter grandes repercussões na saúde. 

O que é a piridoxina?

Muito associada ao magnésio, a vitamina B6 assume missões importantes e variadas:

- Ela participa da metabolização dos aminoácidos e do glicogênio (glicogenólise);

- Ela intervém na síntese de DNA e da hemoglobina;

- Ela favorece a produção energética por oxidação dos aminoácidos;

- Ela favorece o crescimento;

- Ela contribui para a síntese de insulina;

- Ela estimula a síntese da queratina;

- Ela colabora na constituição dos anticorpos...

- Ela ajuda na luta contra o estresse;-Ela tem efeito revigorante...

Quais são as doses diárias recomendadas?

As autoridades de saúde relatam uma ingestão diária recomendada de 2 mg por dia em um adulto. As necessidades diárias de um indivíduo estão fortemente relacionadas à sua ingestão de proteínas. Assim, vegetarianos cujos aportes de proteína são menores que os não-vegetarianos precisam consumir mais. A vitamina B6 faz parte do processo de assimilação de proteínas. Mas uma alimentação muito rica em proteínas também pode gerar uma carência de vitamina B6. As mulheres grávidas ou lactantes podem ter a necessidade de B6 aumentada neste período. O mesmo para pessoas alcoólatras ou atletas de alto nível cuja necessidade pode chegar a 50 mg por dia. 

Quais são os riscos da deficiência de piridoxina?

Apesar de rara, a deficiência de vitamina B6 é então manifestada pelos seguintes sintomas: irritabilidade, fadiga, depressão, anemia, glossite (inflamação da língua), inflamação da comissura dos lábios, confusão mental... Pessoas mais velhas, alcoólatras e que sofrem de doenças intestinais crônicas apresentam um risco maior de ter carência de vitamina B6. Quais alimentos contêm piridoxina?A grande maioria dos alimentos contém vitamina B6, mas alguns têm um conteúdo mais interessante do que outros. Esse é particularmente o caso de peixes oleosos, miúdos, carne, ovos, batatas, bananas ou até mesmo levedo de cerveja. Além disso, alguns vegetais, legumes e grãos integrais também são fontes potenciais de suprimento.

Leia também
Descubra o efeito surpreendente do leite com Coca-Cola

Quais são as doenças relacionadas à piridoxina?

Avitaminose B6 é o termo médico associado a uma profunda deficiência de vitamina B6. No entanto, um déficit maciço pode ter grandes repercussões no organismo, dadas as importantes funções assumidas pela vitamina B6 no corpo humano. Os distúrbios podem ser vários: neurológicos, digestivos, imunes, psíquicos...Em crianças (com menos de 8 anos), foram notificados casos de acrodinia no contexto de uma deficiência. Esta doença infantil rara manifesta-se  por inchaços dolorosos nas extremidades (mãos, pés, nariz...).

Raposo Gabriela
Sem Internet
Verifique suas configurações