As perucas vaginais que estão arrasando as passarelas

As perucas vaginais que estão arrasando as passarelas
As perucas vaginais que estão arrasando as passarelas

Nas passarelas sempre encontramos algum tipo de surpresa. Kaimin, uma designer sul-coreana, aproveitou a semana de moda de Nova York para deixar os participantes sem palavras com suas "perucas vaginais". Não perca as imagens!

Hoje em dia parece que tudo já foi inventado e que nada pode nos surpreender, mas estamos errados, especialmente quando falamos de moda. E é nas passarelas que podemos encontrar de tudo.

Nos desfiles de moda não se mostra só uma coleção, mas também reflete o perfil do artista e seu trabalho, é por isso que muitos tentam inovar para deixar de boca aberta tanto o público quanto a crítica.

Uma peruca vaginal com uma mensagem?

Kaimin é uma designer sul-coreana que em seu país é considerada uma artista conceitual, é diretora criativa, cineasta e também atua. Mas essa mulher versátil decidiu se mudar para Nova York para dedicar-se exclusivamente à moda, e foi lá que criou sua própria marca pessoal.

De acordo com sua própria página na internet, "seu trabalho nunca é concebido com a intenção de transmitir uma mensagem, mas é uma extensão natural de seus interesses e motivações". Mas, aparentemente, com sua última coleção, ela teria tentado transmitir uma mensagem.

"Diversidade e tolerância" com base na cultura "punk" e nas tribos da América do Norte. Para isso, ela se baseou em uma série de propostas de "merkins" ou essas perucas vaginais que ela combinou com um visual punk e elétrico.

Através de um comunicado, a designer disse que essas perucas vaginais são destinadas a "representar que a aceitação da individualidade é a vagina humana" e que "todas as diferenças, mesmo que não sejam totalmente compreendidas ou não concordem com elas devem ser toleradas, todas as criaturas merecem um espaço sob o sol".

Não é preciso dizer que esses designs apresentados por Kaimin foram uma sensação no desfile de Nova York em setembro passado, e sua passagem foi escutada por todos.

As perucas vaginais não são as únicas extravagâncias

Kaimin não foi a única designer que se atreveu a deixar de lado o roteiro estabelecido. Há alguns meses, pudemos ver os biquínis de Joel Álvarez pousando nas passarelas durante um desfile da Swim Week de Maimi.

Esta ousada inovação foi muito bem aceita e triunfou em todas as passarelas. Essa moda de colar fita adesiva em todo o corpo parece ter muitos seguidores no Brasil.

Ele também tem um site onde você pode comprá-los pelo preço modesto de 21 euros nas cores prata e ouro. Uma ótima oportunidade para obter alguns desses conjuntos para que você possa presentear sua parceira neste verão.

Parece também que as tangas jeans foram uma revolução. Foi a marca Thibaut da Amazon Fashion Week em Tóquio que os tornou conhecidos. Para este caso, parece que seu sucesso não cruzou a fronteira das passarelas, talvez por ser um projeto muito ousado.

E você, com qual você fica?


Sem Internet
Verifique suas configurações