Emocionante: Goleiro aceita tentar defender pênalti de um torcedor muito especial

Emocionante: Goleiro aceita tentar defender pênalti de um torcedor muito especial

Depois do jogo entre o Peñarol e o Club Plaza Colonia, um torcedor muito especial desta equipe pediu para bater um pênalti no goleiro da equipe adversária para o delírio da torcida.

O goleiro do Peñarol Kevin Dawson colaborou para a vitória do seu time por 1 a 0 contra o Plaza Colonia, seu antigo time. Entretanto, depois do jogo, ele encontrou tempo suficiente para aceitar tentar defender um pênalti de um fã com síndrome de Down da equipe adversária.

Com todos os jogadores ainda em campo e os fãs dentro do estádio, Dawson e Lucas, o fã do Colonia, foram em direção ao gol para que o primeiro se posicionasse e que o torcedor de 27 anos ajeitasse a bola na marca de pênalti.

Contando ainda com a autorização do árbitro, o torcedor correu para a bola e chutou alto no canto direito do goleiro, cobrando muito bem, de modo que este não conseguiu defender, apesar de ter pulado e tentado alcançar a bola. O“jogador” correu para torcida vibrando fortemente, transparecendo um sentimento que ele nunca, jamais vai esquecer. Todos os torcedores aplaudiram.

Um momento inesquecível para o jovem e também um gesto maravilhoso por parte do atleta do Peñarol. Entretanto, essa não é a primeira história envolvendo ele e um fã. Há um ano, o Peñarol levou a campo o goleiro vestindo a camisa com as cores erradas em relação ao que estava registrado para a partida.

O erro fez com que os oficiais questionassem se a partida poderia ou não acontecer daquela forma. Em seguida, a equipe do time uruguaio informou que do lado de fora um fã estava vestindo exatamente a mesma versão de camisa que o goleiro deveria estar vestindo para aquela partida. O torcedor ainda expunha em suas costas o número 1 e o nome “DAWSON”. Assim, um membro da equipe do Peñarol correu para a torcida e pegou o devido uniforme cedido pelo torcedor. Em troca, o último levou uma jaqueta oficial da equipe.

Com a camisa perfeitamente dentro do esperado, mais um tanto quanto improvisada, o Peñarol levou a melhor por 1 a 0, construindo mais uma vez uma história incrível para o futebol, que mostra que vai muito além da bola rolando.

Apesar de vermos muito desentendimento e falta de espírito esportivo em jogos de futebol, principalmente em se tratando de jogos entre equipes rivais, há muitas atitudes louváveis nessa modalidade. Neymar, que ganha dinheiro até para aplaudir seus torcedores, entregou, no final da partida que rendeu ao PSG a vitória por 3 a 1 diante do Rennes no semestre passado, sua camisa para um garoto que invadiu o campo para abraçar o menino de ouro do Brasil, que estava sendo substituído aos 46 minutos do segundo tempo.

Leia também
Por que Cristiano Ronaldo não tem tatuagens como todo mundo?

O jogador da Seleção interrompeu os seguranças para que não levassem a criança, abraçou o torcedor e colocou sua camisa em suas mãos. O garoto se emocionou e chorou bastante até voltar para o seu lugar no estádio. O gesto de Neymar foi aplaudido por muitos torcedores.

Veja no vídeo acima, o momento da cobrança de pênalti de Lucas! 

(Fonte: Extra) 

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações