Martim-pescador-de-bigode: um pássaro raro fotografado pela primeira vez no Pacífico
Martim-pescador-de-bigode: um pássaro raro fotografado pela primeira vez no Pacífico
Leia mais

Martim-pescador-de-bigode: um pássaro raro fotografado pela primeira vez no Pacífico

Cientistas do Museu Americano de História Natural conseguiram fotografar pela primeira vez um martim-pescador-de-bigode, um pássaro extremamente raro endêmico das Ilhas Salomão, no Oceano Pacífico.

Foram necessárias algumas décadas para se ter acesso a esse pássaro fugídio. Com paciência e vontade, uma equipe do Museu de História Natural de Nova York finalmente alcançou esse feito. As imagens do espécime, divulgadas online, testemunham essa façanha inacreditável.

A espécie em questão é um martim-pescador-de-bigode, Actenoides bougainvillei. O pássaro se desenvolve nas Ilhas Salomão, situadas no Oceano Pacífico, à costa da Austrália. Até o momento, apenas duas fêmeas haviam sido identificadas por pesquisadores locais nos anos 1920.

 

Um encontro inacreditável

Durante uma expedição realizada nas florestas montanhosas da região, o pesquisador Chris Filardi e seus colegas finalmente tiveram a oportunidade de observá-lo de perto. Primeiro eles ouviram o misterioso canto do pássaro, caracterizado como um "ko-ko-ko-kokokokokokokoko-kiew", e, em seguida, ele apareceu.

O pássaro pousou próximo ao grupo e Chris Filardi conseguiu fotografá-lo. Um artigo publicado no blog do Museu Americano de História Natural relata seu entusiasmo em relação a essa maravilhosa descoberta.

"Um dos pássaros menos conhecidos do mundo estava lá, na minha frente, como uma criatura mitológica que se torna realidade", contou o cientista à publicação. Para ele, o acontecimento é o resultado de vinte anos de pesquisa sobre esse espécime enigmático.

 

As primeiras imagens e registros

"Temos agora as primeiras imagens já feitas desse pássaro, assim como os primeiros registros de seu canto", continuou o pesquisador. Esses preciosos documentos permitirão melhor descrever a espécie.

O pássaro fotografado é um macho que, ao contrário das fêmeas, apresenta uma plumagem azulada sobre as asas. Sua cabeça é salpicada de pequenas penas com penugem de cor laranja. Segundo Chris Filardi, o martim-pescador-de-bigode está atualmente ameaçado pela exploração florestal e corre o risco de desaparecer.

O animal está ainda na lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) sob o estatuto de espécie "em perigo". No entanto, é difícil estimar a população. Segundo a IUCN, os resultados sugerem a existência na natureza de 250 a 1000 indivíduos maduros.

Escrito por Bruna Moura
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações