Paratormônio: definição, função, como analisar os resultados?

Paratormônio: definição, função, como analisar os resultados?

Por vezes referido como hormônio paratireoide ou pela sua sigla PTH, o paratormônio é um hormônio essencial do organismo. Secretado pelas glândulas paratireoides, esse hormônio garante a estabilidade dos níveis de cálcio e fósforo. Sua dosagem é assim indicada em muitas situações.

O que é paratormônio?

O paratormônio é sintetizado pelas células da paratireoide, isso é, pequenas glândulas localizadas atrás da glândula tireoide. Esse hormônio peptídico é chamado de "hipercalcêmico" e "hipofosfatêmico" porque participa ativamente da regulação dos níveis de cálcio no sangue para cima e dos níveis de fósforo no sangue para baixo. De fato, o paratormônio está muito envolvido no desenvolvimento do metabolismo ósseo, bem como na reabsorção renal de cálcio.

A dosagem do hormônio do paratormônio

Realizada através da análise de uma amostra de sangue, a medição da concentração sanguínea do paratormônio é essencialmente utilizada para diagnosticar hipercalcemia, isso é, um nível excessivo de cálcio no sangue. Mas o exame também pode ser usado para detectar um desequilíbrio de fosfato de cálcio, a presença de litíase renal ou uma deficiência de vitamina D. Para as pessoas dialisados, a taxa de avaliação regular faz parte do acompanhamento médico, assim como ela pode ser também realizado em mulheres pós-menopáusicas com osteoporose. Seja qual for o motivo do exame, ele deve ser realizado com o estômago vazio. Geralmente faz parte de uma avaliação fosfocálcica completa. Os valores do paratormônio são considerados normais quando estão entre 6 e 50 picogramas por mililitro (μg / ml). Os resultados podem variar dependendo da técnica analítica utilizada.

Leia também
Descubra o efeito surpreendente do leite com Coca-Cola

Níveis de paratormônio muito baixos: o que isso significa?

Variações patológicas nos níveis de paratormônio devem ser comparadas ao cálcio. Assim, quando os níveis de PTH e cálcio estão abaixo do padrão de referência, a suspeita de hipoparatireoidismo é forte. Esse tipo de insuficiência é encontrado após tireoidectomia (remoção da glândula tireoide), hemocromatose ou certas doenças infecciosas.

Taxa de paratormônio alta demais: o que isso significa?

O hiperparatireoidismo é geralmente a causa de um aumento patológico nos níveis de hormônio paratireoide. Isso é, mais frequentemente correlacionado com hipercalcemia, ou seja, um alto nível de cálcio no sangue. Quando, entretanto, o nível de cálcio é diminuído, o caminho do hiperparatireoidismo secundário é explorado. Novos testes são então recomendados para detectar uma possível deficiência de vitamina C ou, mais seriamente, insuficiência renal.

Danielle Pereira
Sem Internet
Verifique suas configurações