A melhor forma de manter o peso não é pela dieta

A melhor forma de manter o peso não é pela dieta

Nós sabemos, perder peso é difícil, as modas de regimes vão mudando, mas se acontece de chegarmos aos objetivos, em seguida surge outra questão tão complicada quanto, manter o peso. Um estudo revela o melhor método de manter a linha.

Depois de perder um pouco de peso, a última coisa que se quer é ver os número subirem novamente na balança. Então, como manter o peso alcançado? De acordo com a ciência, o segredo não estaria na dieta, mas no esporte!

Alimentação saudável essencial, mas esporte obrigatório

Perder peso é uma coisa que vai de pessoa para pessoa. Seja porque não se sente bem diante do espelho, por razões de saúde ou simplesmente por um desejo de mudança, os padrões de beleza evoluem, e é bom que seja assim. Mas quando já se perdeu alguns quilos, geralmente ao custo de muito suor na testa, não é legal de reganhá-los em poucos meses depois.

De acordo com um estudo, publicado na seríssima revista científica Nature por pesquisadores da Universidade Médica de Anschutz do Colorado, o esporte não ajuda somente a perder peso, ele ajuda também a manter melhor do que um regime. Eles descobriram que as pessoas que mantêm seus pesos eram aquelas que praticavam uma atividade física regularmente a fim de gastar a mesma quantidade de calorias que consumiam. Manter-se ativo seria, portanto, mais eficaz a longo prazo do que ficar fazendo dietas permanentemente.

Manter um peso equilibrado, desafio quase impossível?

Leia também
Você não vai acreditar o que o Montanha bebe para ter esse perfil

"Esse estudo é dedicado à difícil questão da complexidade de manter o peso em um longo período. Trazendo provas de que um grupo de pessoas capazes de manter seus pesos conseguem fazer isso praticando muito esporte em vez de abaixando o consumo de calorias é um passo à frente no esclarecimento da relação entre o esporte e a perda de peso", afirma Danielle Ostendorf, doutora no Anschutz Health and Wellness Center.

Esse é, entretanto, um dos raros estudos que se dedica à análise do número de calorias queimadas em um dia por um indivíduo que está no processo de perda de peso com um método eficaz: a análise da urina. Em um estudo conjunto, os pesquisadores se concentraram dessa vez no IMC das pessoas capazes de perder peso e mantê-lo, em comparação aos indivíduos que têm mais dificuldades de perder peso. Os pesquisadores perceberam que os participantes do estudo que mantiveram seus pesos consumiam a mesma quantidade de calorias que as pessoas em situação de sobrepeso ou de obesidade, mas, em compensação, as primeiras praticavam muito esporte.

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações