Homem bêbado danifica gravemente obra-prima em museu na Rússia

Homem bêbado danifica gravemente obra-prima em museu na Rússia

Um rapaz bêbado destruiu a obra-prima russa "Ivan o terrível e seu filho Ivan". Portando um bastão de ferro, o russo rasgou a tela em três pontos

Um rapaz russo, bêbado de vodka, invadiu o museu State Tretyakov, um dos mais importantes da Rússia e do mundo, enquanto os guardas preparavam o fechamento da galeria. Equipado com um bastão de ferro, danificou gravemente uma das pinturas mais importantes da Rússia: "Ivan o terrível e seu filho Ivan", do artista Ilya Repin, concluída em 1885.

O ataqueNo final do expediente, a equipe do museu preparava-se para fechar quando um homem bêbado de 37 anos, que não teve sua identificação divulgada, invadiu o prédio e, equipado com um bastão de ferro, atacou o quadro sem piedade.

Segundo uma testemunha que estava no local, o homem apareceu e "já vazio salão onde fica o quadro de Repin, e acertou vários golpes com um bastão de metal contra a tela de vidro" da pintura.A equipe do museu, em nota, informou: "A tela foi rasgada em três pontos na parte central do trabalho, embora felizmente, a parte mais importante - a representação dos rostos e das mãos do czar e do tsarevich - não foram danificados."

Leia também
Ameaçado por tubarão, nadador é salvo por golfinhos

Em entrevista publicada pela polícia russa, o homem afirmou que achava a obra historicamente imprecisa e que "geralmente não bebo vodka, e aquilo me desregulou".

A obra

O quadro de Repin ilustra Ivan, o Terrível, velando seu filho Tsarevich Ivan ensanguentado, vítima de assassinato pelo próprio pai, fato que ocorreu em 1581. A obra já havia sofrido atos de vandalismo em 1931 por um outro rapaz com problemas mentais. Na época, o pintor Repin ainda estava vivo e restaurou a obra; desta vez, o museu alegou que contratará a melhor equipe de restauração russa para tratar do quadro rasgado.

Bruna Moura
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações