Jovem é expulso da academia por fazer muito barulho durante treino

Jovem é expulso da academia por fazer muito barulho durante treino

Ele treinava tranquilamente em uma academia no Canadá quando foi violentamente interpelado por um homem. 

Uma cena bastante engraçada aconteceu com Charles-Antoine Lalonde. Habituado a frequentar a Buzzfit de Montreal, o jovem de 19 anos treinava "tranquilamente" o levantamento de peso (ele levanta 160 quilos), quando um homem saiu do nada e literalmente o agrediu, forçando-o a sair da sala.O motivo: Charles-Antoine fazia muito barulho e incomodava os outros usuários.

O homem, agressivo, veio em sua direção e deu um chute na barra. Um lembrete: NÃO INCOMODA-SE JAMAIS UMA PESSOA DURANTE UMA SÉRIE, DEVE-SE ESPERAR QUE ELA TERMINE, pouco importa se estamos irritados ou não.

Impossível não fazer barulho

Felizmente por Charles-Antoine, a cena foi filmada. O jovem de 19 anos registra todas as suas sessões de treino para enviar ao seu treinador à distância, Pete Rubish. Vendo as imagens, o treinador americano decidiu publicar o vídeo para denunciar o comportamento inapropriado do homem. 

Pete Rubish, o treinador, sustenta seu ponto de vista explicando que não há outra opção a não ser deixar cair a barra ao chão no levantamento de peso. "Você eleva a barra do solo e assim que você a levanta o trabalho está feito. Quando relaxamos, não é possível não derrubar a barra", explicou ao Calgary Herald. 

Leia também
Cristiano Ronaldo: seu treino abdominal em detalhes

De fato, se conhecemos um pouco o movimento, é impossível controlar a descida, ainda mais com um peso como o que levantava Charles-Anoine. Fazer barulho é inevitável, apesar das precauções tomadas pelo jovem atleta, que havia colocado colchões para diminuir o ruído. O vídeo já alcançou milhões de visualizações. Charles-Antoine ainda não decidiu se vai prestar queixa contra o seu agressor. 

Um comportamento estranho

Segundo o Calgary Herald, essa sala de esportes recebe muitos iniciantes e não dispõe de materiais necessários para atletas de alto nível. Como uma plataforma para levantamento de peso, por exemplo. Apesar disso, o comportamento do homem não se justifica. O agressor ainda não foi encontrado. 

• Pedro Souza
Leia mais