"A criança mais forte do mundo" corre perigo!
"A criança mais forte do mundo" corre perigo!
"A criança mais forte do mundo" corre perigo!
Leia mais

"A criança mais forte do mundo" corre perigo!

Chamado de "criança mais forte do mundo", com apenas 13 anos, Giuliano Stroe é um jovem fisiculturista. Mas, de acordo com especialistas, seus treino extremos podem acarretar consequências desastrosas.

Com 2 anos, ele já levantava peso. Com 6, ele fazia 20 flexões em 90 graus (sem que os pés tocassem o solo). Hoje, Giuliano Stroe está com 13 anos e parece um mini bodybuilder. Seu físico é devido ao seu pai que lhe proporciona treinamentos particularmente rudes para uma criança. Ele tinha declarado ser "bodybuilder de pai para filho". Seu segundo filho, Cláudio, de 11 anos de idade, segue fielmente o anterior.

Musculaturas como essas para crianças não são comuns e treinos de força do tipo parecem desmedidos para pequenos meninos. Mas o principal problema reside na saúde de Giuliano e Cláudio. A especialista de saúde Sílvia Treviño confirma no site Cuatro: "Nesse caso, em que a carga física se torna excessiva para a idade biológica da criança, o treinamento perde seu efeito benéfico sob o esqueleto e se torna ruim, alterando dessa forma o crescimento da criança." Ele complementa dizendo que "esse tipo de treino pode provocar graves problemas quanto ao desenvolvimento muscular e ósseo."

O pai deles, Iulian, recusa-se a admitir a periculosidade de seus atos e continua a treinar seus filhos para torná-los o mais musculosos possível.

Escrito por De Freitas Agostinho
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações