Conheça a história da múmia extraterrestre encontrada no Chile

Conheça a história da múmia extraterrestre encontrada no Chile

Uma revista revelou a grande história que se escondia por trás de um esqueleto mumuficado encontrado no deserto do Atacama no Chile.

Ata: esse o nome escolhido para a múmia, que, logo depois de ser descoberta em uma mina no deserto do Atacama no Chile, foi levada à Espanha, para uma coleção particular. Alguns aspectos do esqueleto encontrado levam a crer que não se tratava de um ser humano comum. A múmia media 13 centímetros.

Apesar do tamanho, a primeira análise concluiu que se tratava dos restos mortais de uma criança de seis a oito anos. No entanto, os testes mais recentes chegaram a um resultado bem diferente. A revista Genoma Research publicou que se trata de um corpo feminino e recém-nascido. Disseram ainda que seus ossos indicam anomalias e múltiplas mutações nos genes.

Fora isso, foram notados características pouco humanas, como por exemplo, um número menor de costelas, 10 em vez de 12, e uma cabeça coniforme. A "múmia" encontrada deu muito o que falar, até um documentário foi feito para tentar explicar Ata e uma possível evidência de visita extraterreste. 

Leia também
O mistério da múmia siciliana que abre os olhos é, enfim, elucidado

Uma última pesquisa desenvolvida por Garry Nolan, professor de microbiologia da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, definiu mais alguns parâmetros: "A coisa surpreendente, que desde o início nos fez pensar que havia algo estranho, era a aparente maturidade dos ossos. O corpo parecia muito mais maduro, embora o tamanho fosse menor". O grupo de pesquisa concluiu, ainda, que a menina nasceu morta ou morreu logo depois que nasceu. 

Após 6 anos de pesquisa e investigação a respeito do exemplar,  a possibilidade de a múmia ser extraterrestre foi encerrada. O que aconteceu, na verdade, foi resultado de atitudes humanas. "Uma mulher teve um bebê com malformações, ele foi conservado e depois negociado ou vendido. Ele deve ser devolvido ao país de origem e enterrado de acordo com os costumes dos habitantes locais", contou Nolan. 

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações