Monique Ricardo, modelo e faixa preta de jiu-jitsu

  • Monique tem 33 anos.
  • Ela é modelo fitness
  • E também faixa preta de jiu-jitsu brasileiro
  • Infelizmente, Monique é casada
  • Monique mostrando toda a sua sensualidade

Monique Ricardo não é uma modelo comum. A norte-americana de origem brasileira também é campeã no jiu-jitsu brasileiro.

A faixa-preta Monique Ricardo e Leanna Dittrich estavam perto do fim da luta no IBJJF Master Worlds em agosto de 2017 quando o impensável aconteceu.

O dedo de Ricardo deslocou-se. Uma daquelas lesões que fazem você urrar de dor. Mas ela seguiu na luta. Alguns meses depois, Monique contou que seu dedo ainda doía... ainda assim, ela topou uma revanche com Dittrich alguns meses depois no Texas. "Tudo o que eu conseguia pensar eram as palavras da minha técnica: Vamos ser campeões", ela afirmou.

No jiu jitsu não é comum mulheres disputarem com destaque nos grandes eventos do esporte - o que é triste. Monique quer mudar isso. Ricardo é otimista e quer viver em um mundo em que as pessoas não pensem duas vezes antes de colocar uma mulher lutadora de jiu jitsu em destaque, especialmente agora, em que há mais e mais mulheres no esporte.

"O Jiu jitsu vai continuar a crescer entre as mulheres porque elas perceberam que não é preciso ficar em academias chatas por horas, elas estão trocando isso pelo jiu-jitsu.".

Leia também
Ele descobre uma coisa assustadora na carroceria da sua antiga caminhonete

Ricardo nem sempre foi dos tatames. Ela passou boa parte da sua vida como uma modelo fitness e em competições de biquíni antes de colocar um kimono pela primeira vez. Ela tem orgulho de ambas as profissões mas ela não gosta da forma que as pessoas usam sua boa forma para promover o trabalho no jiu jitsu. "Eu não quero ter mais tônus muscular que as outras mulheres. Eu estou tentando chocá-las", afirmou.

Como alguém que treina seis dias na semana, a aparência de Ricardo não tem nada a ver com sua trajetória no jiu-jitsu. "Eu quero fazer parte de uma trajetória vitoriosa não só para as mulheres, mas para o jiu-jitsu profissional. Eu quero competir contra as melhores mulheres do mundo e ajudar minhas treinadoras a serem campeãs mundiais também!".

Fiquemos de olho nessa menina! Podemos começar pela nossa galeria e pelo Instagram da bela que já conta com mais de 21 mil seguidores. 

Danielle Pereira
Dos mais chatos aos mais divertidos signos do Zodíaco

Dos mais chatos aos mais divertidos signos do Zodíaco


Sem Internet
Verifique suas configurações