Monique Evans deixa redes sociais em ato de protesto contra preconceito

Monique Evans deixa redes sociais em ato de protesto contra preconceito

Após trocarem beijos e declarações nas redes, Monique Evans e namorada foram atacadas por internautas.

Ato de protesto  

Recentemente, a apresentadora Monique Evans anunciou que está deixando todas as redes sociais, pelo menos por um tempo. Após postar fotos e vídeos em que aparece beijando e fazendo declarações de amor para a namorada, a DJ Cacá Werneck, ambas foram vítimas de ataques homofóbicos nas redes. Centenas de seguidores e seguidoras ficaram indignados com a demonstração de afeto entre as duas mulheres, e destilaram comentários atacando o teor das publicações, que variaram desde a homofobia até xingamentos diretos à apresentadora e sua parceira.

Pouco tempo depois do ocorrido, e vendo a repercussão que as postagens geraram, Monique então decidiu se afastar das redes e evitar maiores confusões e desgastes. Em seu Instragram oficial, a loira postou uma foto escrito apenas "Luto", em um fundo preto e a legenda: "Vou me afastar um tempo... Meu protesto contra o preconceito!!!". A publicação já conta com mais de 5 mil e cem curtidas e mais de mil comentários. Apesar de ainda ser alvo de ataques por alguns seguidores, outros também comentaram em defesa da apresentadora, apoiando o amor entre as duas mulheres. Um internauta comentou: "Não faça isso, minha querida. Você é uma pessoa querida, iluminada e do bem. Fique aqui, é seu espaço quem não gostar que não siga e não critique". Apesar dos apelos, Monique Evans parece decidida em sua decisão.

De qualquer forma, a namorada de Monique, Cacá Werneck, resolveu postar um vídeo em desabafo tendo em vista os recentes ocorridos. No vídeo, ela aparece mais uma vez beijando a ex-modelo e um texto na legenda. "Somos alvos de críticas maldosas sempre que postamos algo que demonstra o nosso amor. Já que sempre seremos criticadas. Resolvi dar realmente 'motivos' para falarem da nossa exposição... Agora sim um pouco da nossa intimidade! E olha que tive o trabalho de tirar o som beijo gostosoooo kkkkkkk...", disse a DJ. Na foto, ela aparece trajando roupas coloridas em virtude do arco-íris, símbolo da luta LGBTQ+.

Carreira de modelo

Leia também
Mulher com 1,80m de quadril faz sucesso no Instagram

Monique Evans, cujo nome verdadeiro é Monique Rezende Nery da Fonseca começou sua carreira como modelo já aos 14 anos. Aos 18, já era uma das modelos mais famosas do Brasil; ela já foi capa de mais de 50 revistas de moda e também de diversas revistas masculinas, como a Playboy e a Sexy. Além de todos esses trabalhos, a ex-modelo sempre foi destaque no Carnaval brasileiro, sendo inúmeras vezes coroada a rainha de bateria de diversas escolas de samba.

Monique Evans sempre se relacionou com homens e já foi casada várias vezes, também com homens. Porém, em 2015, a loira assumiu sua bissexualidade para o público, o que gerou algumas controvérsias; ela se assumiu para a mídia já apresentando a nova namorada, a DJ Cacá Werneck. Elas se conheceram em uma clínica psiquiátrica onde Monique estava tratando de uma depressão severa. Segundo a ex-modelo, ela é vítima da depressão desde sua infância, e desde então tem de conviver com a doença. Após assumir o relacionamento com a DJ, ela também abandonou a igreja evangélica, que estava seguindo há mais de 10 anos. 

Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações