Monique Evans deixa redes sociais em ato de protesto contra preconceito

Monique Evans deixa redes sociais em ato de protesto contra preconceito

Após trocarem beijos e declarações nas redes, Monique Evans e namorada foram atacadas por internautas.

Ato de protesto  

Recentemente, a apresentadora Monique Evans anunciou que está deixando todas as redes sociais, pelo menos por um tempo. Após postar fotos e vídeos em que aparece beijando e fazendo declarações de amor para a namorada, a DJ Cacá Werneck, ambas foram vítimas de ataques homofóbicos nas redes. Centenas de seguidores e seguidoras ficaram indignados com a demonstração de afeto entre as duas mulheres, e destilaram comentários atacando o teor das publicações, que variaram desde a homofobia até xingamentos diretos à apresentadora e sua parceira.

Pouco tempo depois do ocorrido, e vendo a repercussão que as postagens geraram, Monique então decidiu se afastar das redes e evitar maiores confusões e desgastes. Em seu Instragram oficial, a loira postou uma foto escrito apenas "Luto", em um fundo preto e a legenda: "Vou me afastar um tempo... Meu protesto contra o preconceito!!!". A publicação já conta com mais de 5 mil e cem curtidas e mais de mil comentários. Apesar de ainda ser alvo de ataques por alguns seguidores, outros também comentaram em defesa da apresentadora, apoiando o amor entre as duas mulheres. Um internauta comentou: "Não faça isso, minha querida. Você é uma pessoa querida, iluminada e do bem. Fique aqui, é seu espaço quem não gostar que não siga e não critique". Apesar dos apelos, Monique Evans parece decidida em sua decisão.

De qualquer forma, a namorada de Monique, Cacá Werneck, resolveu postar um vídeo em desabafo tendo em vista os recentes ocorridos. No vídeo, ela aparece mais uma vez beijando a ex-modelo e um texto na legenda. "Somos alvos de críticas maldosas sempre que postamos algo que demonstra o nosso amor. Já que sempre seremos criticadas. Resolvi dar realmente 'motivos' para falarem da nossa exposição... Agora sim um pouco da nossa intimidade! E olha que tive o trabalho de tirar o som beijo gostosoooo kkkkkkk...", disse a DJ. Na foto, ela aparece trajando roupas coloridas em virtude do arco-íris, símbolo da luta LGBTQ+.

Carreira de modelo

Monique Evans, cujo nome verdadeiro é Monique Rezende Nery da Fonseca começou sua carreira como modelo já aos 14 anos. Aos 18, já era uma das modelos mais famosas do Brasil; ela já foi capa de mais de 50 revistas de moda e também de diversas revistas masculinas, como a Playboy e a Sexy. Além de todos esses trabalhos, a ex-modelo sempre foi destaque no Carnaval brasileiro, sendo inúmeras vezes coroada a rainha de bateria de diversas escolas de samba.

Leia também
Com 1,80 metros de quadril, essa garota tem um dos maiores bumbuns do mundo

Monique Evans sempre se relacionou com homens e já foi casada várias vezes, também com homens. Porém, em 2015, a loira assumiu sua bissexualidade para o público, o que gerou algumas controvérsias; ela se assumiu para a mídia já apresentando a nova namorada, a DJ Cacá Werneck. Elas se conheceram em uma clínica psiquiátrica onde Monique estava tratando de uma depressão severa. Segundo a ex-modelo, ela é vítima da depressão desde sua infância, e desde então tem de conviver com a doença. Após assumir o relacionamento com a DJ, ela também abandonou a igreja evangélica, que estava seguindo há mais de 10 anos. 

Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações