No Chile, uma mão gigantesca surge da areia no deserto do Atacama
No Chile, uma mão gigantesca surge da areia no deserto do Atacama
Leia mais

No Chile, uma mão gigantesca surge da areia no deserto do Atacama

No deserto do Atacama, no Chile, uma mão gigante parece surgir das areias, como se um gigante enterrado tentasse voltar à superfície. Nós te apresentamos essa impressionante escultura que reina nessas imensidões desérticas.

A Mano del Desierto ("A Mão do Deserto", em português) é uma escultura gigantesta que fica 75 km ao sul da cidade de Antofagasta, no deserto do Atacama, no Chile. Erguida a 1100 metros de altitude, essa obra de arte foi realizada pelo artista Mario Irarrazabal e mede 11 metros de altura!

Criada em 1992, a Mano del Desierto parece chamar ajuda. Ela dá a sensação de que um gigante de pedra se encontra enterrado sob a areia quente do deserto e tenta desesperadamente escapar de seu destino.

Uma escultura simbólica

Existem várias interpretações a respeito dessa obra de arte. Alguns acreditam que se trata apenas de uma mão que diz "tchau" aos visitantes da cidade de Antofagasta, enquanto outros vêem ali a representação de toda a tristeza do mundo. Mas a interpretação mais provável tem um a ver com o contexto político do país, seria que ela representa as vítimas da injustiça e da tortura durante a ditadura militar que governou o país por 16 anos no Chile e que terminou em 1990.

O que quer que se veja, uma coisa é certa: a Mano del Desierto nos interpela e é difícil ficar imune a uma escultura tão particular e gigantesta que surge do meio do nada. Ela atrai turistas vindos do mundo inteiro e viajantes curiosos, que passam por lá sem suspeitar que uma mão gigante lhes pede ajuda durante sua viagem. 

Escrito por Pedro Souza
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações