Homem é devorado por leão que criava ilegalmente em seu quintal

Homem é devorado por leão que criava ilegalmente em seu quintal

Na República Tcheca, um rapaz que criava leões dentro de jaulas em seu quintal foi morto por um deles.

Uma sucessão de tragédias

Todos nós gostamos de ter um bichinho de estimação. Gatos e cachorros estão entre os preferidos em todo o mundo. Porém, dependendo do animal, talvez não seja uma ideia tão boa assim. Apesar de os leões serem da mesma família que os gatos domésticos e serem considerados grandes gatinhos, eles também podem ser ferozes e não negam seu instinto predatório e o título de rei da selva.

Ataques por animais ferozes criados ilegalmente em cativeiro não são tão incomuns; há algum tempo atrás, uma notícia de uma mulher atacada e morta por um imenso crocodilo que criava em sua fazenda tomou conta dos noticiários e levantou a bandeira para os perigos de criar esse tipo de animal sem o devido cuidado ou ambiente seguro.

Recentemente, um outro caso chocou a internet. Um homem foi atacado e devorado por um dos leões que mantinha no quintal de casa como animais de estimação. O rapaz chama-se Michal Prasek, de 33 anos, que mora no leste da República Tcheca. O rapaz foi encontrado já sem vida pelo seu pai na manhã seguinte. Michal criava dois leões em jaulas separadas em seu quintal. O pai contou à imprensa que o rapaz estava dilacerado dentro de uma das jaulas, e que esta estava trancada por dentro.

Para conseguir recuperar os restos mortais de Michal, a polícia foi acionada e a história teve um péssimo final: os dois leões foram mortos a tiros para que os agentes conseguissem recuperar o que sobrou do corpo. Segundo o canal de notícias tcheco Novinky.cz, um dos animais era uma fêmea e estava grávida de um filhotinho.

Repercussão

Segundo os noticiários, Michal havia pego o primeiro leão no ano de 2016, e só mais tarde adquiriu o segundo para que eles procriassem. De acordo com o pai, o próprio rapaz construiu as duas jaulas que serviam de cativeiro para os mamíferos.

Os vizinhos, também ouvidos em entrevistas à imprensa local, relataram que sempre temiam a presença dos animais em uma casa tão próxima e tão despreparada para acolher os bichos. Em outras ocasiões, as autoridades foram contatadas, mas que sempre resultaram em fracassos; o máximo que ocorreu foi uma multa sofrida pelo rapaz por criação ilegal de animais selvagens em cativeiro.

No verão passado, o mesmo Michal já havia sido capa dos jornais em uma situação alarmante: enquanto passeava com sua leoa pela cidade presa apenas por uma corrente de ferro, um ciclista colidiu com o gigantesco animal e o caso foi parar na delegacia. Tanto a leoa quanto o ciclista ficaram feridos: assustada, ela atacou e arranhou o ciclista, que teve de ser levado e atendido em um posto de saúde. Porém, a polícia local considerou o acidente apenas como um "acidente de trânsito".

Recentemente, o Ministério de Meio Ambiente da República Tcheca revelou que existem diversos criadouros de animais selvagens pelo país, no qual vivem 49 pumas, 44 leões, 20 tigres e 8 leopardos. De qualquer forma, a criação ilegal destes animais coloca em risco a vida tanto do criador quanto dos bichos.

Leia também
Imagens de um enorme tubarão-tigre capturado na Austrália comovem a internet

Fonte: BBC Brasil

Imagem: Zdnek Nemec 

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações