"Ofurô do desespero": cientistas descobrem um lago submarino que mata tudo o que entra ali
"Ofurô do desespero": cientistas descobrem um lago submarino que mata tudo o que entra ali
Leia mais

"Ofurô do desespero": cientistas descobrem um lago submarino que mata tudo o que entra ali

Situado nos Estados Unidos, esse estranho lago é totalmente proibido aos banhistas. E não é à toa. Os organismos vivos que ousam se aventurar por lá, não voltam nunca mais...

Descoberto em 2014 por um grupo de pesquisadores dirigido por Erik Cordes, professor de biologia na Temple University de Philadelphie, o "ofurô do desespero" é um lago que não leva o nome por acaso.

Situado numa profundidade de por volta de 1000 metros no golfo do México, esse lago submarino em forma de cratera tem um diâmetro de 34 metros e possui uma água três vezes mais salgada que a normal.

Tóxica e altamente carregada de metano e de sulfato de hidrogênio, ela mata todo organismo que tenta entrar, a não ser os camarões, esponjas do mar ou então bactérias.

Durante a expedição, a equipe de pesquisadores recuperou algumas amostras da vida microbiana que foi capaz de se adaptar à salinidade elevada dessa bacia de salmoura e ao baixo nível de oxigênio.

De acordo com Erik Cordes, essas criaturas podem se parecer em muito com aquelas que colonizaram a Terra há milhões de anos.

Escrito por De Freitas Agostinho

Sem Internet
Verifique suas configurações