Portugal quer utilizar cabras para combater o fogo nas florestas

Portugal quer utilizar cabras para combater o fogo nas florestas

No verão de 2017, incêndios florestais mataram mais de 100 pessoas em Portugal. Para combater este problema, as autoridades tomaram medidas originais envolvendo... centenas de cabras.

Portugal é um dos países europeus mais afetados pelos incêndios florestais. Diante do fracasso da estratégia de combater incêndios causados pela vegetação seca e as temperaturas quentes, as autoridades decidiram mudar de estratégia. Colocando... cabras em ação.

Estes animais terão, durante os próximos cinco anos, uma única missão: vagar por onde quiserem no centro do país e capinar mais de 50 hectares de arbustos para criar corta-fogos naturais.

"O método mais natural e econômico"

40 pastores fazem parte da iniciativa em todo o país. Resultados rápidos são esperados, mas o governo insistiu: um relatório será feito apenas em 2023. As cabras são mais eficazes em locais íngremes das montanhas do que as máquinas. Mas elas também têm a vantagem de não serem muito caros.

"Este é o método mais natural e econômico possível", disse Antonio Borges, diretor do Instituto Português de Conservação da Natureza e Florestas, à AFP. De fato, cada pastor receberá 125 euros por hectare capinado este ano, depois 25 euros por hectare pelos próximos quatro anos. Receitas que serão adicionadas à venda de queijo feito com leite de cabra.

Pastor, uma profissão em perigo

No passado, muitos pastores perambulavam pelos cantos mais remotos de Portugal, seus animais capinavam as montanhas de uma forma natural, onde poucas pessoas vivem. Mas os moradores dessas áreas foram embora, deixando apenas os mais antigos. 

"Há muita vegetação selvagem em torno de nossas aldeias", concorda Fernando Moura, um dos pastores envolvidos na operação. "No passado, nunca tivemos incêndios gigantescos como agora, milhares de animais estavam limpando o pasto e agora eu sou quase o último."

Leia também
Ataque de tubarão branco é filmado na Austrália

Um método eficaz na Califórnia

Fernando Moura passou o verão inteiro nas montanhas com suas cabras, retornando à sua aldeia à noite enquanto seus animais ficavam em um recinto sob a supervisão de cachorros pastores. Esta não é a primeira vez que tal projeto foi implementado, uma vez que sua eficácia foi reconhecida em muitos lugares nos Estados Unidos, especialmente nas Montanhas Rochosas, na Califórnia.

Esta iniciativa poderá rapidamente permitir a Portugal reduzir o número de incêndios florestais que sofreu desde o último verão. No entanto, Tiago Oliveira, um dos especialistas encarregados de avaliar a eficácia do projeto, não quer declarar a vitória muito cedo: "Portugal continua muito vulnerável, novas iniciativas para o manejo florestal levarão décadas para serem efetivas e nós estamos em um projeto de longo prazo ".

• De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações