Quando um hipopótamo "vai socorrer" um gnu atacado por um crocodilo

Quando um hipopótamo "vai socorrer" um gnu atacado por um crocodilo

No parque Kruger na África do Sul, testemunhas assistiram a uma cena impressionante: o ataque de um crocodilo em um gnu, mas o segundo não terminou como elas haviam imaginado.

O Parque Nacional Kruger, uma das maiores reservas da África

O Parque Nacional Kruger é a maior área protegida de fauna bravia da África do Sul, cobrindo cerca de 20 000 km2. Está localizado no nordeste do país, nas províncias de Mpumalanga e Limpopo e fazendo fronteira com os distritos moçambicanos de Moamba e Magude, na província de Maputo e Massingir e Chicualacuala na de Gaza. Tem uma extensão de cerca de 350 km de norte a sul e 60 km de leste a oeste.

Juntamente com o Parque Nacional do Limpopo, em Moçambique, e com o Parque Nacional Gonarezhou, no Zimbabwe, forma o Parque Transfronteiriço do Grande Limpopo. Os parques nacionais africanos, nas regiões da savana africana são importantes pelo turismo com safári de observação e fotográfico, ao contrário de antigamente onde havia a caçada de animais selvagens.

O Parque Nacional Kruger faz parte da Reserva da Biosfera Kruger-Canyons. 

 

Ataques de crocodilos 

Um crocodilo de quatro metros de comprimento matou um golfista sul-africano que foi nadar de noite em uma represa chamada Lake Panic (lago do pânico) no Parque Nacional Kruger, informou um funcionário do parque nesta sexta-feira .

O mergulhador de águas profundas Jacques van der Sandt, de 29 anos, foi puxado para baixo pelo crocodilo perto das 22h de quarta-feira e foi encontrado mais tarde nas mandíbulas do réptil, que teve que ser morto para que se recuperasse o corpo.

“(O crocodilo) estava com ele na boca, nadando com ele”, disse Danie Pienaar, representante interino do Parque Nacional Kruger, à rádio 702 Talk. “Estava na área pública... tampouco sabemos se havia algo errado com o crocodilo”, acrescentou, explicando as razões para matar o animal.

A imprensa local relatou que Van der Sandt bebeu na sede do clube antes de sair atrás de bolas de golfe, saltando dentro do lago onde vivia o crocodilo. 

Mas ataques de crocodilos a humanos não são comuns.  Outra cena rara é a que você vai ver no vídeo. Hipopótamos, gnus e crocodilos, todos juntos, mostrando como a vida selvagem pode ser surpreendente.  

• Marcos Silva
Leia mais