Havaí proíbe protetores solares! Mas por quê?

Havaí proíbe protetores solares! Mas por quê?

Havaí está se tornando o primeiro estado americano a proibir o uso de alguns protetores solares. O motivo são que os agentes químicos desses produtos contêm e que são extremamente nocivos para os recifes de corais.

O 50º estado dos Estados Unidos votou, no dia 1º de maio, um projeto de lei que pretende proibir o uso de vários cremes protetores solares até 2021. Uma proibição surpreendente nesse país onde os turistas passam muitas horas expostos ao sol em praias paradisíacas. Na realidade, não se trata de proibir todos os protetores solares: mas apenas aqueles que contêm oxibenzona e metoxicinamato de octila. Produtos químicos que, segundo a BBC, seriam, contudo, usados em mais de 3500 cremes.

Na origem dessa proibição está um estudo publicado em 2015 na revista científica Archives of Environmental Contamination and Toxicology. Ele ressalta que a  oxibenzona e o metoxicinamato de octila seriam em parte responsáveis pelo embranquecimento dos recifes de corais. U fenômeno que se dá quando os corais expulsam a alga unicelular com a qual eles vivem em simbiose, causando assim a sua própria morte.

"Isso causa estranhas deformações nos tecidos do coral e leva as larvas a se cobrirem com seu próprio esqueleto, em seu próprio caixão", explica nas colunas do The Guardian, Craig Downs, um dos autores do estudo.

• Marcos Silva
Leia mais